Seculo


  • Lava Jato no ES

 

Militantes fazem abaixo-assinado contra recontagem de votos no PT


21/04/2017 às 19:25

Começou  circular nas redes sociais um abaixo-assinado, de autoria da militância do PT capixaba, em repúdio à decisão da executiva do partido, da última terça-feira (18), que cassou 321 votos – 298 da chapa deles da chapa  “Pra voltar a sonhar”, encabeçada pelo deputado Givaldo Vieira. A chapa de Givaldo tinha larga vantagem na disputa, e a vitória era dada como certa.

Chapa de Givaldo vai recorrer à nacional por recontagem de votos

Com manobra interna, Executiva do PT não reconhece vitória da chapa de Givaldo

A recontagem dos votos não repercutiu bem nem dentro, nem fora do partido. O processo avaliou questões burocráticas e os defensores da recontagem apontam irregularidades, mas a forma atropelada como aconteceu a decisão, deixou transparecer a ideia de que houve uma manobra para beneficiar os grupos do deputado estadual, José Carlos Nunes, que ficou em segundo lugar na votação, e do ex-prefeito João Carlos Coser, que ficou em terceiro lugar.

Coser e Nunes sempre foram aliados e tinham o controle do partido. O resultado da eleição dava a Givaldo a maioria dos votos, com a recontagem, a união de Coser e Nunes, que já era prevista nos meios políticos, garante que eles superem os votos da chapa de Givaldo.

No texto que acompanha o abaixo-assinado, os proponentes afirmam que a decisão foi tomada sem permitir o direito de defesa dos dirigentes municipais acusados de cometerem irregularidades no PED 2017 e sequer de analisar os recursos por eles apresentados.

“Esta atitude confirma o distanciamento e o desrespeito para com a base do PT, que luta cotidianamente pela sua construção. Mais uma vez esses dirigentes estaduais não aceitaram o clamor por mudanças no partido e fizeram uma manobra já amplamente denunciada na imprensa capixaba. Queremos autonomia para o PT, queremos transparência, queremos comprometimento com a derrubada do golpe e queremos nos afastar dos golpistas aninhados no governo Paulo Hartung”, diz o abaixo-assinado.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Descompasso

Hartung priorizou tanto lotear a gestão com quadros políticos, que os embates ocorrem na contramão de sua própria estratégia. Rodney Miranda que o diga...

OPINIÃO
Editorial
Esgoto veio à tona
Manietada pelo governo, CPI para investigar Cesan se torna obrigatória após denúncias envolvendo a companhia
Piero Ruschi
O desmanche do Museu Mello Leitão
Um ato de desrespeito à população que foi camuflado e conta com o apoio da própria diretoria e sua associação de amigos
Renata Oliveira
Vai liberar?
Rodrigo Janot pode criar um precedente muito ruim para a política brasileira ao anistiar quem recebeu o “caixa dois do bem”
Caetano Roque
Desmonte em curso
Enquanto o movimento sindical dorme , o capital segue a passos largos a retirada de direitas
Nerter Samora
#SomosTodosBaianinho
Causa espécie um encontro às portas fechadas entre o governo e parte do empresariado capixaba logo após a “delação do fim do mundo”
Geraldo Hasse
O despudor do poder
O marqueteiro-mór pagou multa de R$ 30 milhões à Justiça, deu depoimento e saiu rindo
JR Mignone
Inquietudes políticas
O ''Fica, temer'' de Gaspari e a pesquisa que confirma a memória curta do eleitor
Caetano Roque
Greve na rua
É hora de o trabalhador dar a resposta as ações antidemocrática do governo golpista
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Nenna, em transição
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Nossa Terra, nossa gente
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

CPI da Odebrecht quer investigar contratos de empreiteiras com setor público

Descompasso

Depois das delações, Magno Malta se descola de Ricardo Ferraço

Sindicato quer que Nestlé preste esclarecimentos sobre possível venda da marca Serenata de Amor

Assembleia barra projeto que acaba com exclusividade da Cesan na região metropolitana