Seculo

 

Projeto Funk da House completa quatro anos com festa em Vitória


18/05/2017 às 12:33
House music e funk carioca. É com essa mistura que a dupla de dj’s Leandro Netto e Guto comemoram aniversário do projeto Funk da House, que completa quatro anos de sucesso nesta sexta-feira (19). Para comemorar, a dupla agita a Swingers, em Vitória.
 
Depois de tocarem em festas e casas noturnas do Espírito Santo, conquistar o Brasil, ultrapassarem as fronteiras nacionais, Leandro e Guto se reencontram em Vitória, ainda em 2013, e resolvem arriscar em um formato ainda inédito naquela época: dois dj’s, tocando juntos, em uma mesma apresentação, e misturando estilos musicais que pareciam água e óleo, o glamorosos house music e o agitado e sensual funk carioca.
 
A química deu tão certo que, rapidamente, o Funk da House conquistou o público do Espírito Santo. Pouco tempo depois, já estavam levando essa mistura para outros Estados. Mas a dupla de dj’s queria ainda mais, não apenas levar essa mixagem de estilos diferentes. Onde o Funk da House desembarcava, era uma festa para baladeiro nenhum botar defeito.
 
A interação do duo com o público cria uma energia inigualável, levando o público ao delírio com remixes próprios, mash-ups, uma sequência de live funk, interatividade e muitos outros recursos que tornam a apresentação do Funk da House única e inesquecível.
 
Para o dj e produtor Leandro Netto, comemorar estes quatro anos de estrada, mostra que a mistura deu certo. “Quem um dia poderia imaginar que colocar dois dj’s em uma mesma cabine, tocando house music junto com o funk carioca fosse dar tão certo? Isso mostra que inovar é o que o público espera quando sai de casa para se divertir e curtir um show. Essa interação com o público que nos motiva a cada dia a criar novas músicas, novos remixes, novos mashups e buscar novidades para nosso show. Não queremos nem podemos parar no tempo. Nossa festa é sempre nova e os convidados são os maiores protagonistas”, brincou o dj que, é carioca, mas escolheu o Espírito Santo para morar há 12 anos.
 
Guto, que compartilha o palco com Leandro, destaca o planejamento e a confiança dos contratantes para chegar nesse aniversário. “No começo foi tudo muito maluco. Sabíamos que poderia dar certo, mas não esperávamos essa explosão repentina. Mas sempre tivemos pé no chão, planejando cada passo que demos, conquistando público e contratantes. É inexplicável apertar o play e ver aquela multidão pulando, cantando e, ao final do show, receber feedback positivo ali na hora, nas redes sociais. São quatro anos de parceria com a pista e que ainda tem muita energia para bombar cada vez mais.”
 
As comemorações dos quatro anos do Funk da House acontecem na próxima sexta-feira (19), na Swingers, em Vitória, na festa Skol Beats Party, com apresentação de Sheep Dj, dj Cesquim e dj Thales Gonzalez.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Lá e cá

Enquanto Rose volta a se movimentar em Brasília, Casagrande delimita território no Estado. Cada um no seu quadrado...

OPINIÃO
Gustavo Bastos
Black Block
Pensou que a poeira iria baixar, que ele estava mascarado e ninguém iria identificá-lo. Resolveu ir ao RJ...
Geraldo Hasse
Vendilhões no comando
Os governos petistas deram mole aos Mercados, mas o MDB escancara a prática do entreguismo
Roberto Junquilho
Nem tudo o que parece é!
Investigação a Ferraço, exoneração no Iema...casos podem dar dor de cabeça aos envolvidos em ano de eleição
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Admirável mundo novo
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Familiares de soldado preso fazem manifestação em frente ao comando da PM

Bancários param atividades nas agências do BB por uma hora nesta sexta-feira

Filho de Jango vem a Vitória em março e lança candidatura à Presidência

Graffiti e o não graffiti de Renato Ren

Anama expõe argumentos ineptos da ArcelorMittal para se livrar de ação na Justiça