Seculo


  • Lava Jato no ES

 

Amaro Neto leva Ouvidoria da Assembleia para as ruas


18/05/2017 às 18:27
Começou a funcionar nesta quinta-feira (18) a Ouvidoria Móvel da Assembleia Legislativa. O deputado Amaro Neto (SD), que ocupa o cargo de ouvidor da Casa, e que tanto lutou por ela na distribuição das comissões permanentes, no início deste ano, mostra que quer mudar o perfil da Ouvidoria. O desafio é aproximar o Legislativo estadual da sociedade, melhorando a imagem da instituição e, consequentemente, dos deputados.
 
A primeira parada da Ouvidoria Móvel esteve pela manhã na Praça José Maria Ferreira, na Avenida Expedito Garcia, em Campo Grande, Cariacica (foto ao lado). O deputado não participou da atividade, mas sua equipe registrou queixas, sugestões e denúncias das pessoas que circulavam no local. Foi feita também uma panfletagem explicando para o cidadão como funciona o trabalho do setor e como usar o novo serviço.  
 
A ideia foi do atual do deputado Amaro Neto. O objetivo é levar o serviço para as ruas e locais de grande circulação de pessoas, como terminais do Transcol, feiras livres e praças. A ação chamou a atenção de pedestres que passavam no local e pararam para conversar com a equipe de Ouvidoria.
 
Se para a Assembleia a ação ajuda a aproximar a população do Legislativo, para o deputado, a movimentação é muito bem-vinda. Amaro, que é cotado para disputar a Câmara dos Deputados ou o Senado, ganha uma importante ferramenta para fortalecer seu perfil popular. 
 
Embora sua popularidade com um programa de TV já seja grande, suas atividades parlamentares são tímidas. A ação pode reforçar o perfil político do deputado e dar sustentação para as pretensões eleitorais de Amaro em 2018.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
No olho do furacão

Entre protestos, xingamentos e sopapos registrados nesta semana, Ferraço tenta sobreviver como pode para tirar leite de pedra da Reforma Trabalhista

OPINIÃO
Piero Ruschi
Colibris de Santa Teresa pedem socorro
Das 34 espécies de beija-flores conhecidas no município, 12 não são vistas em períodos que variam de 10 a 40 anos
Renata Oliveira
Contendo a ciumeira
Uma das expectativas com o retorno do governador Paulo Hartung é apaziguar os ânimos entre os deputados e os secretários
Nerter Samora
Lavando as mãos
A omissão da União sobre ação contra poluição de praias de Vitória é inaceitável
Lídia Caldas
A importância dos probióticos e prebióticos
Se você não se preocupar com isso estará dando passos largos para engrossar as estatísticas de doenças de causas evitáveis
Geraldo Hasse
É preciso equalizar o bem-estar
A crise do capitalismo pode ser resolvida mediante a adoção de um programa comunista de governo
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Nenna – parte II: early years na ilha
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A sombra
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

MPES arquiva investigações contra prefeitos de Vitória e de Itapemirim

Em crise com o PDT, Euclério se encontra com liderança da Rede

Lideranças estaduais aguardam posição de Hartung sobre crise no governo Temer

No olho do furacão

Prefeito de Viana vira réu em ação de improbidade pela primeira vez