Seculo

 

'Beije-me em Barcelona' conta história de amor na cidade catalã


10/07/2017 às 10:39
Depois de viver por dois anos em Portugal e finalizar o doutorado em História, Fabio Reis, filho do escritor e jornalista Jonas Reis, decidiu registrar toda a sua trajetória na Europa no livro Beije-me em Barcelona. O livro será lançado nesta sexta-feira (14), na Kaffa Cafeteria, em Jardim da Penha, Vitória.
 
Por meio do personagem Isaque, Fabio conta os seus encantos e dificuldades no Velho Mundo. A história começa com um réveillon em Barcelona, no qual ele reencontra Luiza, seu grande amor da adolescência que ele quer reconquistar. Fabio consegue prender a atenção do leitor, que fica torcendo pelo casal até o final do livro.
 
“Desde que nos reencontramos, ouvimos as pessoas dizerem que a nossa história é digna de um livro. Ficamos seis anos separados e depois nos reencontramos na Europa e tudo aconteceu de forma muito romântica e inusitada. Nossa história é uma história não só de amor, mas de crescimento, de perdão”, explica Fabio.
 
O interessante em Beije-me em Barcelona é a riqueza de detalhes com que Fabio conta todas as suas experiências. Para aqueles que não conhecem a Europa vão poder viajar junto com o escritor que fala sobre diversos pontos turísticos e sobre a vida universitária em Portugal.
 
Fabio Paiva Reis é historiador, doutor pela Universidade do Minho, em Portugal. Natural de Vitória, voltou para o Brasil em meados de 2013, quando começou a se dedicar a projetos pessoais. Escreveu Beije-me em Barcelona, seu primeiro romance, e foi premiado em um Edital do Funcultura 2016, da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). Fotógrafo amador e nerd assumido, Fabio é casado com Thais, com quem tem duas lindas gatas, Jade e Mimi.
 
Serviço
Fabio Reis lança Beije-me em Barcelona nesta sexta-feira (14), a partir das 19h, na Kaffa Cafeteria. Rua Darcy Grijó, Jardim da Penha, Vitória. R$ 20.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Espelho democrático

PH, com certeza, vai jogar pra frente dúvida sobre candidatura à reeleição. Mas não o vejo fora da disputa e sem mandato

OPINIÃO
Editorial
MPES omisso
Ministério Público decidiu não participar das audiências de custódia. Um dos prejuízos: denúncias contra tortura, comumente relatada por presos
JR Mignone
Enganosos
Fazendo uma comparação corajosa e dispersa, tanto as eleições do Brasil quanto a Copa do Mundo terão muita surpresas e varias decepções
Geraldo Hasse
Vampirismo neoliberal
O governo oferece refrescos aos trabalhadores enquanto suga seu sangue
Roberto Junquilho
Quem governa?
Um novo porto na região de Aracruz demonstra que, para as corporações, as minorias não importam
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Para, relógio
MAIS LIDAS

Espelho democrático

Condenados por tortura continuam trabalhando no sistema penitenciário capixaba

Junta de Impugnação Fiscal do Meio Ambiente de Vitória tem novo presidente em menos de quatro meses

Professora cobra do MEC cumprimento da lei de ensino de cultura afro-brasileira

Gestão do prefeito Chicão na Saúde é denunciada pelo Ministério Público