Seculo

 

Muqui recebe pela 67º vez Encontro Nacional de Folia de Reis


10/08/2017 às 12:28
Caminhando para a sua 67ª edição, o tradicional Encontro Nacional de Folia de Reis de Muqui, neste sábado (12), as ruas do Sítio Histórico de Muqui, no sul do Estado, com o colorido, a musicalidade, a fé, e a alegria desse festejo do catolicismo popular. 
 
Em 1950, foi realizado o 1º Torneio de Folia de Reis em Muqui – evento este que deu origem ao Encontro Nacional, sendo, atualmente, o mais antigo e maior encontro de Folia de Reis do Brasil.  O Encontro contará com a presença de 50 grupos folclóricos vindos do Espírito Santo e de outros estados brasileiros. 
 
Neste ano, a manifestação religiosa reunirá grupos capixabas, mineiros e fluminenses vindos de 24 municípios. Os foliões ao chegarem ao local do evento se concentram na tenda cultural localizada no Jardim Municipal. Durante todo o dia serão diversas atividades, como Encontro de Mestres, cortejo, benção na Igreja de São João Batista, cantoria em diversos locais da cidade, e apresentação dos Palhaços da Folia. 
 
A programação cultural começa às 10h com cantoria das Folias de Reis. Às 11h, os mestres se reúnem no Teatro Nenên Paiva. À tarde, os grupos folclóricos partem em cortejo pelas ruas de Muqui e recebem as bênçãos na Igreja São João Batista.  Às 17h, os cânticos e as batidas e o colorido das folias invadem os pontos turísticos da cidade. No começo da noite, grande encontro das Folias de Reis e premiações.
 
O evento é um momento de intercâmbio que promove a valorização, o fortalecimento, a difusão da cultura popular, e a troca de informações de uma tradição familiar que atravessa séculos, e ao mesmo tempo, estimula o fomento do turismo, trazendo como benefício para a cidade, o desenvolvimento econômico, cultural e social.
 
O 67º Encontro Nacional de Folia de Reis de Muqui é uma realização da Prefeitura Municipal de Muqui com apoio da Secretaria de Cultura do Estado. A produção do evento é de responsabilidade do Instituto Cultural Geração.
 
Programação:
 
10h – Abertura oficial do evento na Tenda Cultural no Jardim Municipal - Centro da cidade;
11h - Reunião dos Mestres no Teatro Neném Paiva;
13h – Cantoria das Folias de Reis na Tenda Cultural;  
15h – Cortejo das Folias de Reis nas ruas principais da cidade em direção a Igreja São João Batista;
16h – Benção das Folias de Reis na Igreja São João Batista;
17h – Apresentação das Folias nos pontos históricos da cidade;
18h – Grande encontro das Folias de Reis na Tenda Cultural com apresentação dos Palhaços;
19h – Encerramento com entrega de troféu de participação na Tenda Cultural.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Tapa na cara'

Na semana do Dia do Professor, os homenageados da Assembleia: Hartung, Haroldo Rocha e a vitrine Escola Viva. É mole ou quer mais?

OPINIÃO
Editorial
Ajuste fiscal, a 'isca' do negócio
Hartung tem feito publicidade nacional para mostrar que o ES é o novo paraíso para investidores. Esconde, porém, os problemas internos, que não são poucos
Renata Oliveira
Hartung fica?
O tempo passa e nada de Hartung deixar o PMDB. Já tem gente apostando que ele não sai do partido
JR Mignone
Meio a meio
Seria esta a solução para ter uma programação de rádio com a participação de emissora de fora?
Caetano Roque
Do limão, uma limonada
É hora de o movimento sindical exercitar sua capacidade de mobilização nas negociações com as empresas
Geraldo Hasse
Está começando o ano 2018
Tudo indica que o único evento positivo do próximo ano será a Copa do Mundo
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Este blog fica por aqui
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Algo de novo no ar
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

'Tapa na cara'

Ricardo Ferraço tenta construir imagem de ficha limpa e prega tolerância zero à corrupção

Está começando o ano 2018

Mais veneno para o Espírito Santo

Editora Cousa completa oito anos com festa no Centro de Vitória