Seculo

 

Sem perdão: ônibus que passar por Guarapari paga 'taxa de parada' no RodoShopping


13/01/2018 às 10:27
O prefeito Edson Magalhães (PPS), de Guarapari, deu seu jeito: a partir desta segunda-feira (15), a prefeitura cobrará a chamada “taxa de  parada” até dos  ônibus que passarem pela rodoviária local, chamada RodoShopping. A cobrança já está sendo contestada na Justiça.
A  autorização para o prefeito de Guarapari tomar dinheiro dos usuários  foi dada pela Câmara de Vereadores no 10 de outubro de 2017. A publicação da lei foi registrada no Diário Oficial dos Municípios no dia 16 seguinte, com três meses para sua efetivação.
 
Pela lei aprovada, a  “taxa de parada” terá que ser paga para veículos de transporte de passageiros intermunicipais e interestaduais que utilizarem o terminal rodoviário da cidade.  Para a cobrança, basta que o veículo pare no local, mesmo que não tenha Guarapari como destino.
 
As taxas
 
Para os veículos intermunicipais serão cobrados  R$ 30,24 por ônibus com partida no município. E R$ 19,76 para os que passam pela cidade. Para os ônibus interestaduais, a "facada" será de R$ 9,45  por passageiro.
 
Os poderes dados ao prefeito Edson Magalhães  para cobrar taxa de quem quer que passe pela rodoviária foram dados pela  Lei Complementar (LC) 101/2017.
 
A cobrança da taxa deverá aumentar o preço das passagens dos ônibus municipais, como temem alguns políticos locais. O artigo 4º da lei cita que as empresas poderão, a titulo de ressarcimento, reter o valor pago pela taxa de embarque quando a passagem for emitida na rodoviária.
 
A lei municipal já está sendo questionada em uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI).

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

De demolidor a demolido

Até outro dia, o MDB era o partido mais importante do Estado, mas entrou em agonia com a interferência de PH

OPINIÃO
Editorial
2017 que se arrasta
Manifestação da procuradora-geral da República não poupa críticas ao governo Hartung na condução da greve da PM do ano passado
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uma revoada de colibris
MAIS LIDAS

Quarenta e um presos morreram entre março de 2015 e fevereiro de 2018 no Estado

Ato pela legalização do aborto será realizado na próxima segunda-feira em Vitória

Etapa Vitória

Pommercine: uma mostra de filmes pomeranos no Espírito Santo

Parques de Vitória recebem R$ 13 milhões de compensações ambientais