Com muitas flores

flor

 

Como tem acontecido todos os anos, em maio comemoro mais um aniversário. Eu sei, acontece com todos que estão vivos, às vezes até com quem não está. E tem muita gente que estaciona em uma certa idade, comemorando os mesmos 38 anos pelo resto da vida.  É a temida virada dos 40 – depois que entra nos ‘enta’ não sai mais. Diferente dos outros aniversários, porém, 2018 me presenteia com 80 anos de vida. E vamos em frente.

 

Gente famosa com 80 anos: atores Claudia Cardinale, Connie Francis, Elliot Gould, Christopher Lloyd, Michael Murphy, Jon Voight, John Dean, Liv Ullmann; escritores Joyce Carol Oates, Lynn Margulis, Alan Coren, Judy Blume, Mary Frances Berry; cantores, Kenny Rogers, Etta Jones, Alan Vega, Bill Withers. Tem gente que mesmo em idade tão vetusta continua fazendo de tudo, e fica difícil classificar: Connie Francis, Nico, Pat Buchanan. O que têm eles a ver comigo? Nascemos todos em 1938.


Se rir prolonga a vida, vamos comemorar rindo da velhice alheia. Bob Hope: A gente sabe que ficou velho quando as velas custam mais que o bolo. Faith Baldwin: O tempo é um costureiro especializado em reformas. Lucille Ball: O segredo de permanecer jovem é viver honestamente, comer devagar e mentir sobre sua idade. Bernard Baruch: Para mim, velho é quem tem mais 15 anos do que eu. George Burns: Não revelo minha idade, mas quando eu era jovem o Mar Morto ainda estava vivo. 

 

A vantagem é que a gente não precisa do Google pra lembrar o que aconteceu em 1938. Janeiro: Primeiro concerto de jazz no Carnegie Hall, Londres (Benny Goodman). Fevereiro: Primeira apresentação pública de TV a cores, por Baird também em em Londres. Março: Primeiro noticiário radiofônico transmitido pela  CBS Radio, dos Estados Unidos. Abril: Roy J. Plunkett inventa o Teflon. Maio: Estreia o primeiro filme do Robin Hood, com Errol Flynn e Olivia de Havilland. Junho: Superman aparece pela primeira vez na DC Comics. 

 

Julho: Howard Hughes dá a volta ao mundo em 91 horas. Agosto: Um filme é  lançado  pela primeira  TV, “O estudante de Praga”, pela BBC de Londres. Setembro: Uma cápsula do tempo é enterrada na Feira Mundial de Nova York, para ser aberta em 6939. Quem viver verá. Outubro: Os Estados Unidos proíbem o trabalho infantil nas fábricas. Novembro: Crystal Bird Fauset é a primeira negra a se eleger ao senado americano. Dezembro: Dr. R.N. Hargers inventa o bafômetro.  

 

Pra não dizer que não deixei boas dicas para meus jovens leitores, aqui vão dois conselhos para chegar bem aos cem anos:  Você só é jovem uma vez, mas pode continuar imaturo indefinidamente (Ogden Nash); Os primeiros cem anos são os mais difíceis (Wilson Mizner).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *