Segunda, 15 Agosto 2022

Onde andam os bons tempos?

Por melhor que esteja a vida, o tempo de antes goza de bom conceito entre democratas e republicanos...

Continuar lendo

Os desclassificados

Quem, nos alegres carnavais de outrora, de máscara e sem vírus, se importava de onde vinha a música?

Continuar lendo

Lá vem a noiva

Quem espera sempre alcança

Continuar lendo

​Depois da meia-noite

Não havia o que roubar nem muito que fazer depois das nove...

Continuar lendo

O amor não sai da moda

Domingo tem Super Bowl ... aquele jogo chato da bola chata

Continuar lendo

Eu moro pertinho de um palácio

Quando é que as coisas deixaram de ser do outro jeito?

Continuar lendo

A menina sem brinco de pérola

Como em um passe de mágica, o sujeito eliminou dois meses do calendário gregoriano

Continuar lendo

Quanto menos, melhor

A arte dos haikais se encaixa perfeitamente nas nossas modernas mensagens de texto: curta, rápida, concisa

Continuar lendo

Muito choro e pouca vela

O lixo de uns pode ser o luxo de outros

Continuar lendo

Favor não incomodar

Vida de pobre é como andar na contramão da highway

Continuar lendo

O ano que vivemos em perigo

O futuro ali na frente

Continuar lendo

​O direito de ter Natal

Na guerra entre o novo vírus e a velha tradição natalina, quem ganha é a Amazon

Continuar lendo

Quanto mais frio, melhor

No norte inventaram o frio para afastar os imigrantes - Oh gente pra gostar de praia

Continuar lendo

Aviso prévio

Vi você na televisão, no jogo do Flamengo, todos sem máscara...

Continuar lendo

Dear Mud...

Tenho a honra de ser a fiel depositária de uma coleção de cartas datadas de 1918
Continuar lendo

A eternidade do bronze

Quantas estátuas de mulheres você conhece?

Continuar lendo

Quando tudo isso passar

"Deus e uma mulher fizeram Jesus, os homens não têm nada a ver com Ele"

Continuar lendo

Carta de amor não dói

Sua importância dependia não apenas do que se escrevia, mas da interpretação dada aos textos nelas inseridos

Continuar lendo

A máquina devoradora de gente

Quantos comeria em 19 minutos?

Continuar lendo

No trem da meia-noite

O bilheteiro, e não o trajeto, mudou a minha vida

Continuar lendo