Dólar Comercial: R$ 5,27 • Euro: R$ 6,40
Quinta, 05 Agosto 2021

O que fazemos na pandemia

Para manter a distância social recomendada, não estou mais apertando mãos, abraçando ou trocando beijim-beijim

Continuar lendo

Quando o outono passar

A epidemia nem acabou e já construíram um supermercado, um posto de gasolina e o McDonald número 10 mil

Continuar lendo

As bruxas estão soltas

A regra é universal: fazer alguma coisa que todo mundo quer e ninguém mais está fazendo. Simples, mas complicado

Continuar lendo

Eu e os outros

Pirando, eu?! Quem não pirou ainda que se cuide
Continuar lendo

Alice no país das maracutaias

Seu celular, embora lindo, carrega mais de 17 mil germes. É um festival de estafilococos

Continuar lendo

Achei o vírus!

Que tal máscaras personalizadas, com seu rosto dez anos mais jovem impresso no tecido?
Continuar lendo

Normas para o novo normal

As câmeras revelam muito mais do que nossa imaginação consegue programar
Continuar lendo

O trem está atrasado ou já passou?

O trem parava na estação, renovava os passageiros, partia. Nenhum avião pairando no ar, ônibus um dia ou outro, só para o interior

Continuar lendo

À flor da pele

De acordo com um estudo recente, apenas 31% dos homens lavavam as mãos ao usar o banheiro

Continuar lendo

Os descamisados

E lá se foram, o aposentado e o descamisado, discutindo os detalhes de um contrato social útil para os dois

Continuar lendo

Antes ou depois da tempestade

A gente deixa votar e daqui a pouco elas vão querer se candidatar também. Será?

Continuar lendo

Aprender com o passado

"Ele achou que devia fazer isso"

Continuar lendo

Dar tempo ao tempo

Não nos bastasse o vírus, outro inimigo ronda os ares: Isaías chega rosnando com fúria

Continuar lendo

O jeito usual

À noite sonho com aqueles longos corredores ladeados por prateleiras repletas das sete mil maravilhas da vida moderna

Continuar lendo

Não saia de casa sem ela

Nas entrelinhas, amor (pretendem se unir em matrimônio), crimes e tragédias, como em qualquer romance

Continuar lendo

Senhores passageiros, o avião sumiu

Se eu não viajar, perco o bilhete e os meus dólares, o que é economicamente incorreto

Continuar lendo

Fuga da rotina

Mesmo em Home office, temos que manter o nível de normalidade, quando a disputa por quem melhor se vestia elevava os ânimos e as vendas

Continuar lendo

Capoeira para demitidos

Tempos difíceis, tem até doutor na fila do auxílio desemprego

Continuar lendo

O Castelo dos Cisnes

Em tempos de quarentena, os velhos e obsoletos quebra-cabeças voltaram ao currículo

Continuar lendo

O beletrista de South Beach

Após longas confabulações, me pergunto onde se meteram o leiteiro e o verdureiro, que nesses tempos de quarentena viriam bem a calhar

Continuar lendo