Seculo

 

Encontro Nacional de Agroecologia tem campanha de financiamento colaborativo


11/04/2018 às 16:36
As pessoas interessadas em colaborar com a realização do IV Encontro Nacional de Agroecologia (ENA) podem fazer doações em dinheiro para uma campanha de financiamento colaborativo que está disponível até o dia 15 de maio de 2018.

O ENA acontece em Belo Horizonte/MG, de 31 de maio a 3 de junho de 2018, e reunirá dois mil representantes da Agroecologia brasileira, incluindo 90 vagas destinadas à delegação capixaba, sob o lema 'Agroecologia e Democracia: unindo campo e cidade',

A meta de arrecadação é R$ 100 mil para complementar a infraestrutura, logística e comunicação do encontro para todos os participantes. Para se ter uma ideia, esse valor é equivalente aos custos com transporte, alimentação e hospedagem de 500 agricultores durante o encontro, em média. Cada R$ 200, portanto, equivalem ao valor médio de despesas com a participação de um agricultor ou agricultora.

Os recursos captados serão investidos na viabilização de um encontro de qualidade para os participantes, sendo 70% de agricultores familiares, camponesas e camponeses, povos indígenas, comunidades quilombolas, pescadores, outros povos e comunidades tradicionais, assentados da Reforma Agrária e coletivos da agricultura urbana; 50% de mulheres e 30% de jovens diretamente envolvidas na construção da agroecologia.

Várias causas num só momento

A coordenação da campanha é da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), que reúne movimentos, redes e organizações engajadas em experiências concretas de promoção da agroecologia, de fortalecimento da produção familiar e de construção de alternativas sustentáveis de desenvolvimento rural.

O evento, por sua vez, é resultado da mobilização permanente de centenas de organizações e milhares de agricultores ecológicos do Brasil. Este ano, as comissões organizadoras nacional e estadual são compostas de 61 organizações de vários estados brasileiros, entre elas, a Articulação Capixaba de Agroecologia (ACA).

No site da campanha, as organizações chamam atenção para a importância do Encontro Nacional, que ocorre desde 2002, e é fundamental para fortalecer a agroecologia no Brasil e, consequentemente, a alimentação saudável, a preservação ambiental, o protagonismo feminino, a difusão de boas práticas agrícolas, o controle do desmatamento e das mudanças climáticas, a proteção dos povos indígenas, quilombolas e populações tradicionais.

“O Encontro Nacional de Agroecologia é o maior evento da agricultura de todas as regiões do Brasil, representando a diversidade do campo e da cidade nos diversos biomas. O evento é realizado de forma independente e é fundamental para a difusão de boas práticas agrícolas, políticas éticas de consumo e produção de alimentos e fibras, em harmonia com a natureza”, ressaltam os coletivos.

Capixabas levam produtos e o êxito das feiras 

A cachaça crioula, o café do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o relato sobre as feiras agroecológicas estão entre os destaques do catálogo de produtos e experiências exitosas que serão apresentados pela delegação capixaba no ENA.

Os produtos, amparados legalmente, têm alavancado a produção agroecológica no Estado. E as feiras, que no Estado experimentam uma expansão e enraizamento singular no território brasileiro, mostram a importância do contato direto entre o produtor e o consumidor e o poder dessa aproximação entre o campo e a cidade.

A construção da participação estadual no evento, a pleno curso, envolve as mais diversas organizações, coletivos e instituições afins, desde associações de produtores, passando por movimentos sociais, institutos de ensino e pesquisa e entidades de classe.

Nesse processo, almeja-se também avançar com o projeto de lei que cria uma Política Estadual de Agroecologia, cuja redação está em elaboração, e numa maior integração entre o norte e o sul do Espírito Santo, intensificando as trocas de experiências entre duas regiões com realidades tão distintas e tão complementares.

Conheça as recompensas e contribua no endereço da Campanha 

Saiba mais sobre o Encontro lendo a Carta Convocatória do IV ENA

 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Secom
'Esquenta'

Com a a abertura das convenções partidárias, nesta sexta-feira, o mercado ganhou maior intensidade com o racha na base de Hartung

OPINIÃO
Editorial
Mais uma porta na cara
O racismo institucional do Palácio Anchieta ficou ainda mais claro com a presença do jornalista Willian Waack, demitido da Rede Globo por comentários racistas
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Geraldo Hasse
Notícias do fundo do poço
Se não ceder às pressões externas, a Petrobras pode voltar a liderar a economia
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Além das lágrimas
MAIS LIDAS

Chapa de deputados estaduais do PCdoB se arma para fortalecer Givaldo Vieira

A importância das eleições

Comando da PM não comparece em audiência de conciliação no Tribunal de Justiça

Largada embolada

'Esquenta'