Sexta, 21 Junho 2024

Espírito Santo contabiliza 20 mortes por causa das chuvas no sul

enchente_FotoMaxWender_CasaMilitarE_20240326-104728_1 Max Wender/Casa Militar ES

O número de mortos pelas enchentes no sul do Espírito Santo subiu de 19 para 20, segundo o Boletim Extraordinário da Defesa Civil desta terça-feira (26). O município que concentra a maior quantidade de óbitos é Mimoso do Sul, com 18. Os outros dois são de Apiacá. O número de desaparecidos também aumentou se comparado ao último boletim dessa segunda-feira (25), passando de seis para sete, todos de Mimoso do Sul. A quantidade de desalojados, 7,2 mil, se mantém. A de desabrigados desceu levemente, de 411 para 408.

Quanto ao número de desalojados, a maioria, um total de 4 mil, são de Apiacá. Em seguida vem Bom Jesus do Norte (3 mil), Vargem Alta (269), Mimoso do Sul (18) e Muniz Freire (9). Apiacá também lidera o número de desabrigados, que totalizam 332 nessa cidade. Bom Jesus do Norte aparece em segundo lugar, com 64. Mimoso do Sul conta com 12 desabrigados.
Max Wender/Casa Militar ES

Conforme consta no boletim, a probabilidade de ocorrência de movimentos de massa no sul é considerada moderada devido aos altos acumulados e ao fato de a previsão meteorológica indicar continuidade de chuva nessas regiões. Não está descartada a possibilidade de ocorrências de deslizamentos de terra induzidos e em encostas naturais, especialmente urbanizadas, além de possíveis "quedas de barreira" às margens de rodovias. A possibilidade de ocorrência de eventos hidrológicos nas mesorregiões Sul e Central também é considerada moderada por causa da possibilidade de pancadas de chuva de forte intensidade e altos acumulados, podendo deflagrar alagamentos e inundações urbanas.

Algumas rodovias estão interditadas totalmente ou parcialmente. A BR-482 está com interdição nos Kms 35 e 42, entre os trechos de Alegre e Guaçuí. Na ES-393 tem um ponto interditado no trecho que liga Mimoso do Sul a Muqui e Muqui a Conceição de Muqui. Na ES-297, interdição total no Km 45, a 4 km da BR-101, sem previsão de liberação. Também há duas interdições totais na ES-297 em Apiacá e Bom Jesus do Norte. Uma estrada que liga Muniz Freire a Iúna foi interditada devido à queda de uma ponte na ES-379. Uma queda de barreira no km 24 da ES-181 faz com que a estrada que liga Muniz Freire à rodovia BR-262 opere em meia pista.

Medidas

Nesse domingo (24), o governador Renato Casagrande anunciou medidas de apoio às famílias e empreendedores dos municípios atingidos pelas enchentes. Uma delas é a liberação do Cartão Reconstrução, no valor de R$ 3 mil, para aquisição de móveis, eletrodomésticos, roupas, alimentos, material de construção ou qualquer item que a família entenda como prioritário.

Com foco nos empreendedores, a gestão estadual vai liberar linhas de financiamento especiais e prorrogar as operações de crédito em curso pelo prazo de seis meses. Serão R$ 50 milhões para subsidiar as operações junto ao Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) e ao Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), por meio do Fundo de Fortalecimento da Economia Capixaba (Fortec). Além disso, serão abertas novas linhas para o microcrédito, por meio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).


Campanhas

Uma ação em conjunto da Assembleia Legislativa, do Tribunal de Justiça (TJES), do Ministério Público (MPES), do Tribunal de Contas (TCES) e da Defensoria Pública do Estado (DPES) começa a arrecadar alimentos não perecíveis e itens essenciais, como água mineral, cobertores, kits de limpeza e produtos de higiene pessoal. As doações serão recebidas na Assembleia, das 7 às 19 horas, de segunda a sexta-feira.

O Governo do Estado também retomou a ação ES Solidário, em que organiza doações de água mineral, cestas básicas, cobertores, além de kits de limpeza e de higiene pessoal para ajudar as pessoas que enfrentam dificuldades. Os donativos podem ser entregues em Vitória, na Quadra de Esportes da sede do Corpo de Bombeiros Militar, localizada na rua Tenente Mário Francisco de Britto, 100, Enseada do Suá, e em Cachoeiro de Itapemirim, na 1ª Companhia Bombeiros Militar, que fica na Br 393, Km 0, antiga Av. Mardegan, 790, bairro Marbrasa.

Situação de Emergência

Nesse sábado (23), o governador, por meio do Decreto nº 501 – S, decretou Situação de Emergência nos municípios de Alegre, Alfredo Chaves, Apiacá, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Jerônimo Monteiro, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta. Também no sábado, o prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho (PSB), assinou um decreto declarando Situação de Emergência no município. De acordo com o gestor, Cachoeiro não foi tão afetada quanto os municípios vizinhos, mas o decreto é necessário para "atuar com mais vigor na recuperação do município".

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 21 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/