Sexta, 21 Junho 2024

Estudante espera mais de uma hora por socorro em evento esportivo da PMV

ambulancia_PMV_FotoElizabethNader_PMV Elizabeth Nader/PMV

As prévias dos Jogos Estudantis de Vitória (Joevi) de 2024, no Tancredão, realizadas pela Prefeitura Municipal de Vitória (PMV), foram marcadas por tensão na tarde desta terça-feira (14). No início das competições de handebol no período da tarde, uma aluna do Salesiano se machucou (coluna e cabeça), mas não havia uma ambulância disponível no local. Ela permaneceu no chão da quadra, sem poder ser movida, por mais de uma hora, apesar das cobranças e chamadas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que não apareceu, e de contatos com a prefeitura feitos por representantes do poder municipal presentes no ginásio.

O socorro veio do Corpo de Bombeiros, após iniciativa de outra pessoa presente aos jogos. Pais de alunos relatam que depois que a estudante deixou o local, mais um período de espera foi necessário para decidir a continuidade das competições do dia, mesmo sem a disponibilização, ainda, de ambulância por parte da prefeitura. A informação passada posteriormente às escola, foi de que o secretário municipal de Esportes, Rodrigo Wernersbach Ronchi, suspendeu os jogos desta terça e remarcará nova data. 

As partidas tiveram início pela manhã, e outras modalidades estão previstas para esta semana. Participariam, no período da tarde, os Salesianos Vitória e Jardim Camburi, Escola América e Escola São Domingos. Da rede pública municipal, apenas a Gomes Cardim estava inscrita, mas não compareceu à seletiva realizada pela prefeitura.

Pais de alunos se queixam do não comparecimento do Samu e do não cumprimento da PMV em relação a legislações que obrigam a disponibilização de ambulância em eventos desse tipo. 
A própria prefeitura tem o Decreto Nº 19614, de 25/06/2021, que "estabelece normas à realização de eventos no Município de Vitória, e dá outras providências". O documento estabelece que "em eventos com público superior a 500 (quinhentas) pessoas, comprovação de contratação de ambulâncias em quantidade compatível com a dimensão de público, e para todos os eventos de cunho esportivo".

Também há uma lei estadual sobre o assunto, a 10.145/2013, que "dispõe sobre a obrigatoriedade de os organizadores manterem Unidade de Tratamento Intensivo móvel nos eventos privados em que haja grande concentração de pessoas, no âmbito do Estado". O artigo 1º determina que "os organizadores de eventos privados, artísticos ou desportivos, no âmbito do Estado, em que haja grande concentração de pessoas, ficam obrigados a manter Unidades de Tratamento Intensivo móveis".

O 2º diz que "as Unidades de Tratamento Intensivo móveis deverão permanecer em locais de fácil acesso durante todo o período que durar a realização do evento". No terceiro artigo, a lei deixa claro que "os danos causados à saúde do frequentador do evento devido à comprovada inobservância dos serviços exigidos nos artigos 1º e 2º desta lei, serão de responsabilidade dos organizadores dos eventos".


O evento Joevi faz parte do calendário esportivo anual da Capital, voltado a todas as escolas públicas e particulares de Vitória, com competições em diversas modalidades nas categorias infantil, com estudantes até 14 anos, e Juvenil, de até 17 anos. As inscrições para a 23ª edição ocorreram no mês passado.

'Ambulância própria'

A coordenação do Samu afirmou que "eventos planejados devem conter ambulância própria para atendimento a situações de emergência durante a realização do mesmo", e argumentou que, nesta terça-feira (14), houve um elevado número de chamados, aumentando a média de tempo resposta para realização dos atendimentos". Em relação ao caso do evento Joevi, "diz que recebeu a ligação às 14:01:56 e, por conta da alta demanda, o chamado foi direcionado aos Bombeiros".

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 21 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/