Sábado, 04 Dezembro 2021

Projeto do Território do Bem reforma comércio e contribui para o desenvolvimento local

mercearia_ze_gordinho_FotoRedesSociais Redes Sociais

Quatro pontos comerciais do Território do Bem, em Vitória, reabriram as portas de cara nova. Os locais foram reformados por meio do Prêmio de Empreendedorismo, realizado pelo Ateliê de Ideias, com recursos da Prefeitura de Vitória. A iniciativa, que está em sua segunda edição, fortalece todas as comunidades da região, pois possibilita variedade de produtos no comércio local, aumento das vendas e geração de emprego, ressalta o coordenador de Desenvolvimento Comunitário do Ateliê, Cosme Santos de Jesus.

Doze pequenos comércios do Território, que abrange as comunidades de Itararé, Jaburu, Bairro da Penha, Bonfim, Engenharia, Consolação, Floresta, São Benedito e Gurigica, foram contemplados com R$ 7,8 mil, aplicados em reformas e melhorias do espaço de trabalho do empreendedor, com projeto e acompanhamento de arquitetos. Para isso, os empreendedores passaram por duas etapas. A primeira contemplou oficinas virtuais. Na segunda, os participantes foram avaliados por uma banca examinadora, que fez a seleção.

Até agora, quatro pontos comerciais já foram reformados. Em outros dois, as obras estão na reta final. Os arquitetos realizam o projeto dos restantes. Entre os benefícios para as comunidades, Cosme aponta que as reformas possibilitam que os consumidores possam ser atendidos com mais conforto, além de propiciar o aumento da variedade de produtos no comércio, o que torna os preços mais acessíveis, maior volume de vendas e contratação de funcionários. 

Ele recorda que, na edição de 2019 do Prêmio, houve pontos comerciais no alto dos morros que, com o espaço renovado, puderam oferecer mais variedade de produtos. "Hoje muita gente fica sem comer por falta de dinheiro para comprar comida, mas já aconteceu de, no alto dos morros, dependendo do horário que a pessoa chega, ela ter que comer chips por não ter onde consumir alimento de fato. O Prêmio ajudou a suprir essa necessidade", relata.
Redes Sociais

A possibilidade de diversificação de produtos já é uma realidade para Lorrayne Monteiro Nascimento, uma das ganhadoras do Prêmio, na edição de 2021. Ela é proprietária da Lorrayne Monteiro Confeitaria Artesanal, em Itararé. Seu carro-chefe, informa, sãos os brigadeiros e o bolo para festa, feitos por encomenda na cozinha de sua casa. Com a reforma em um ponto comercial que não estava sendo utilizado e foi inaugurado em 28 de setembro, agora é possível "colocar a não na massa" na cozinha do imóvel, não mais na de sua residência. Ela também pode oferecer outros produtos, como bolo de pote e tortas, para pronta entrega. As encomendas de bolo e brigadeiro, destaca, permanecerão. 

A reforma do ponto comercial também já está fazendo diferença no bolso, uma vez que as vendas aumentaram e, inclusive, ela tem atendido pessoas de bairros vizinhos, além daqueles que pedem delivery. Lorrayne tem planos para o futuro. Um deles é oferecer cursos de confeitaria a preços acessíveis. O outro é vender seus produtos em carrinhos pela cidade de Vitória, contratando pessoas da comunidade para isso.
Redes Sociais

A Mercearia du Zé Gordinho, em Gurigica, que funcionava em um espaço inacabado, também mudou completamente o visual, possibilitando ao seu proprietário, José Paulo Cordeiro Farias, o Zé Gordinho, uma possibilidade de renda, o que havia sido impossibilitado pela pandemia da Covid-19.

Ele recorda que, como trabalhava como autônomo, teve que fechar a mercearia por não conseguir conciliar as duas tarefas. Entretanto, a pandemia o impossibilitou de ir até a casa das pessoas para prestar serviços de reparos. A saída foi reativar o ponto comercial, mesmo em um imóvel sem infraestrutura para isso.

Com o Prêmio, o espaço foi completamente reformado, possibilitando condições melhores para trabalhar e receber os clientes, destaca.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 04 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/