Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Terça, 26 Janeiro 2021

Do céu ao inferno

Tem restrição para o vereador Max da Mata (PSD/foto) na disputa à reeleição deste ano em Vitória. Ele integra a perna PSD e PSB, dentro da coligação de Iriny Lopes (PT), que tem chances de fazer de dois a três vereadores, mas falta espaço. A conta seria a seguinte: Serjão Magalhães e Sérgio Sá, do PSB, mais Max da Mata. O problema, porém, é a movimentação para que a última vaga fique com o iniciante em política Davi (PSB), filho do deputado Esmael Almeida. A estratégia, que conta com dedo do Palácio Anchieta, consiste em utilizar em favor de Davi o capital do pai, vereador por dois mandatos - com os votos dos evangélicos - e ainda do vereador Juarez Vieira, que se tornou vice na chapa de Iriny, após negociação com o partido do governador Renato Casagrande. Imagine a situação de Max: saiu da condição de quase candidato a prefeito, apresentando-se como a novidade do pleito, para ficar a perigo na disputa. Tudo isso por conta do recuo provocado após articulação para lançar o nome do ex-governador Paulo Hartung (PMDB), a quem Max presta fidelidade. Mas Hartung não entrou e o vereador se complicou. Resultado: foi do céu ao inferno. 

 

 
Segue...
“Secar” a candidatura de Max é bom para o PSB, que ganha mais uma cadeira na Câmara, passando a ter expressão no cenário em Vitória, e ainda para o governo do Estado. Max tem perfil independente e opositor, o que não interessa a nenhum governante. Já a jogada em favor de Davi consolida a boa relação com o deputado. É mais lucrativo agradar Esmael Almeida. 
 
Alto custo
Por falar em Casagrande, o governador tomou o caminho errado e assumiu a rede de proteção ao seu antecessor Paulo Hartung (PMDB). A lista de problemas e escândalos administrado pelo socialista, sem qualquer providência, deixa sua imagem arranhada e gera desconfiança. O governador acha mesmo que tem ombro largo para segurar o rojão? 2014 vem ai. 
 
Alto custo II
É bom que Casagrande saiba que suas ações não passam despercebidas pelos capixabas. A opinião dos leitores de Século Diário que responderam enquete sobre os motivos que fazem o governador manter no cargo o secretário de Estado de Justiça, Ângelo Roncalli, após tantas evidências de episódios de corrupção, deixa claro que Casagrande prioriza seu projeto político pessoal, e não os interesses da população. 
 
Números
De 438 votantes, 33% atribuem o fato à fidelidade do governador ao acordo firmado com Hartung. Outros 22% acham que Casagrande é inseguro para tomar grandes decisões; 22% que ele tem medo de escândalo em seu governo; 17% que o governador não quer se precipitar e julgá-lo antes, e 8% acham que é ingenuidade e falta de visão política. 
 
Tem mais
Não faz o mínimo sentido o governo anunciar como iniciativa própria a força-tarefa criada para investigar os contratos no Iases/Acadis, e na hora em que as investigações chegam a Roncalli, o mesmo governo dizer que vai esperar a interpretação do Ministério Público do Estado (MPES), para tomar alguma medida. É muita enrolação para blindar o secretário. 
 
Perdeu ponto
A frase do candidato do PPS à prefeitura de Vitória, Luciano Rezende, dizendo que a cidade precisa de um prefeito que acorde cedo, é interpretada nos meios políticos como um recado direto ao candidato que lidera as pesquisas, o tucano Luiz Paulo Vellozo Lucas. O ex-deputado federal, é verdade, gosta de um samba e de festa, mas isso não tira o mérito dele de ser um profissional respeitado e competente. Apelou. 
 
Cadê?
O vereador de Vila Velha João Batista Babá (PT), que tenta combater o voto útil e enfrenta dificuldade financeira em sua campanha, não tem recebido apoio nem de integrantes do seu próprio partido. Caso da senadora Ana Rita, que para piorar ainda tem origem no município. O que dizem é que ela nunca aparece nos atos de Babá, embora percorra municípios do interior constantemente. Ao contrário do deputado estadual Cláudio Vereza, que está colado com o vereador. 
 
Sei não...
O que faria o Uno placa MRY-9774, de Conceição do Castelo (sul do Estado), caracterizado como da Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde, nesse domingo (9), final de feriadão, trafegando pela BR- 262, em Cariacica, por volta das 14horas, com um condutor e três passageiras, e ainda complicando o trânsito? 
 
140 toques
“Paratletas superam ouros! E os da Olimpíada? E os do futebol, heim???”. (Deputado estadual Cláudio Vereza – PT – no Twitter).
 
PENSAMENTO:
“Em política só pode o que pode e só pode quem pode”. Tancredo Neves

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 26 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection