Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,79
Terça, 13 Abril 2021

Do YouTube

No meu canal de músicas no YouTube (https://www.youtube.com/jrmignone1), recebo sempre emails de frequentadores do site, expressando seus sentimentos sobre os clipes traduzidos ali postados por mim. Esses emails vêm através do Gmail, que é da mesma empresa. Toda semana chegam mais de 20 ou trinta. A minha página tem quase 14 mil pessoas inscritas. Para quem não é nenhuma personalidade, já é alguma coisa.

O que segue abaixo, é um desses inscritos, que manifestou seu sentimento ao clipe que fiz com a música 'O Moço Velho", de Silvio Cesar, cantada por Roberto Carlos. Achei interessante o que ele fez e publiquei aqui:

Heverson Rodrigues

Reflexão traduzida em duas partes meio contradizentes do eu lírico desta canção do compositor "Sylvio César", cantada pelo excelente intérprete e cantor "Roberto Carlos" no seu álbum de 1973 : O Moço Velho (O Insignificante)

Primeira parte: "Desânimo Como Referência". Eu sou um livro aberto sem histórias (Ele é uma pessoa disposta, porém sem vivências); Um sonho incerto sem memórias (Ele é ou tem um objetivo inatingível que se perdeu); Do meu passado que ficou! (Do passado dele que não passou, ou seja, que está presente ainda!); Eu sou um porto amigo sem navios (Ele é uma pessoa amorosa, porém solitária); Um mar, abrigo a muitos rios (Uma pessoa boazinha para os outros); Eu sou apenas o que sou! (Ele é essa insignificância!); Eu sou um moço velho (Ele é um rapaz insignificante); Que já viveu muito (Que já passou por muita coisa); Que já sofreu tudo (Que já padeceu bastante); E já morreu cedo! (Que já desistiu de adquirir vivências!).

Segunda parte: "Esperança Ingênua Como Reviravolta". Eu sou um velho moço (Ele é um insignificante rapaz); Que não viveu cedo (Que não adquiriu experiências de vida na juventude); Que não sofreu muito (Que por isso, não padeceu "tanto assim"); Mas não morreu tudo! (Mas que ainda tem esperança!); Eu sou alguém livre...(Ele é uma pessoa descompromissada...); Não sou escravo e nunca fui senhor (Ele é neutro, "está em cima do muro por ser insignificante"); Eu simplesmente sou um homem que ainda crê no amor! (Ele apenas é uma pessoa que ainda acredita na bondade humana!).

Fim! (Isso é bastante forte e triste, porém é a realidade de muita gente por aí nesse mundo! Adoro estas canções poéticas reflexivas do nosso "Rei" "Roberto Carlos" da década de 70, foi uma década rica para ele e é a melhor década criativa na sua obra discográfica!) Viva o nosso "Roberto Carlos"!

PARABÓLICAS

E passou mais uma eleição e Amaro Neto (Republicanos) não se manifestou. Será que aguarda para se candidatar a governador, mesmo?

A RadioNero, de Nero Neto (Netinho), continua com alto índice de clientes no Rio e em outras cidades do Brasil. É uma bem sucedida radioWeb.

A Musical FM de Sama, entre outros, tem três profissionais de ponta: Leozinho, Susu e J Barbosa. Gente que poderia fazer sucesso em qualquer rádio do BR.

O companheiro Mauro Lucio, atualmente em Pernambuco, breve poderá pintar por aqui de férias, visitando amigos e parentes.

ACESSE
http://jrm50anos.blogspot.com.br/

ACESSE TRADUÇÃO JRM YOUTUBE
Roberto Carlos - Cavalgada
https://www.youtube.com/watch?v=h7aQgzn78_I

MENSAGEM FINAL
A cultura brasileira reflete mais a africana do que a americana. Nos EUA temos o Jazz e quase só isso. Não existem figuras como Machado de Assis, um mulato considerado um dos maiores escritores do país. John Updike

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 13 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection