Dólar Comercial: R$ 5,62 • Euro: R$ 6,67
Sábado, 24 Outubro 2020

Nota zero para Zenkner

O nosso promotor-estudante Marcelo Zenkner merece ganhar um zero bem redondo pela escorregada que deu ao não protocolar um recurso dentro do prazo e nas condições previstas pela lei. Nosso promotor-estudante - que está em Lisboa há quase um ano, a custa do Ministério Público Estadual, ou melhor, do contribuinte capixaba, para aprimorar seus saberes - não poderia ter cometido um erro tão primário. 



O ilustre simplesmente juntou a apelação aos autos da ação, mas não a protocolou. A falha clamorosa impediu que apelação fosse registrada no sistema processual do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES).



O grave deslize valeu um puxão de orelha daqueles no promotor. O desembargador William Silva, relator do processo na segunda instância, classificou o ato falho de Zenkner como uma “clara violação aos princípios da isonomia e segurança jurídica”.



Não vem ao caso o teor do recurso, que se referia a uma ação de improbidade administrativa que tinha como alvo o deputado estadual Luciano Rezende, quando o atual deputado estadual do PPS era secretário municipal de Educação em Vitória durante a gestão Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB). 



O que importa mesmo nessa história é a escorregada primária de um promotor que é apontado por muitos como “brilhante”. O próprio chefe do MPES, Fernando Zardini, foi quem apadrinhou a ida de Zenkner para Europa, alegando que o promotor-prodígio merecia a cortesia por ser uma das mentes mais talentosas da instituição. Zenkner foi o único dos 320 promotores até hoje a ganhar o benefício do Ministério Público.



Vamos torcer para que o aprimoramento em terras lusitanas tenha serventia e evite que o promissor promotor dê novas escorregadas jurídicas.

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 24 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection