Sexta, 24 Setembro 2021

Olimpíada silenciosa

Vimos os principais trechos da abertura da Olimpíada no Japão. Essa abertura talvez tenha sido uma das mais emocionantes de toda história da Olimpíada. Não tinha público para aplaudir a todos aqueles que estavam no Estádio Nacional do Japão (Estádio Olimpico) e para que pudessem sentir o calor dos aplausos e dos flashes das fotos vindos da arquibancada.

Justamente pela falta de público, a troca de tochas, até chegar à atleta Naomi Osaka, tenista famosa, que acenderia a Pira, foi tudo no escuro, apenas com focos de luz nos movimentos principais. E em cada participante deste momento, a emoção e o orgulho eram visíveis.

Quando foi escolhido sede para a Trigésima Segunda Olimpíada da história moderna, o mundo não sabia que iria enfrenta uma pandemia, muito menos eles. Por isso que esses jogos do Japão merecem toda nossa atenção, respeito e acompanhamento, pois todos nós, fora do Japão, é que seremos os torcedores, principalmente por aqueles que gostam de esportes.

O Japão atravessa mais um momento delicado da pandemia e as autoridades tomam todo cuidado para que a Olimpíada aconteça. Os jogos não podem parar, não podem sofrer descontinuidade. A tocha olímpica representa isso, ela nunca se apaga, por nada.

Todos os atletas dos países participantes vieram. Alguns contraíram o vírus e não puderam competir. Muito triste, anos de preparo. Mas os jogos continuam e os atletas honrando cada participação, mesmo sem público nos estádios, nas ruas, enfim, nos locais das provas.

Sobre os atletas brasileiros, a gente sabe das dificuldades de estarem lá e espera que eles honrem nossas cores e tragam medalhas, e também boas lembranças dessa que está sendo a Olimpíada da coragem, do destemor, da emoção e do amor ao esporte.

Você, amigo leitor, espero que torça, se divirta e se emocione, pois essa Olimpíada era para não ter acontecido.

PARABÓLICAS

O governo do ES não deixou de dar atenção ao esporte nesta pandemia. Parabéns e nosso reconhecimento.

Rossini Macedo, o Tonho dos Couros, inaugura uma casa de shows, desta feita no Centro de Vitória.

As rádios de Kazinho (Super e Clock) estão em novas instalações e funcionando a pleno vapor no Shopping Vila Velha.

A Rádio ES transmitindo jogo dos times do ES, mantendo com isso a tradição, que nunca morre. De parabéns.

ACESSE:
http://jrm50anos.blogspot.com.br/
O rádio do ES na visão de JRM

ACESSE TRADUÇÃO JRM YOUTUBE
https://www.youtube.com/watch?v=0EYbd-WPigs
Neil Diamond - He aint heavy he's my brother

MENSAGEM FINAL
No Brasil o fundo do poço é apenas uma etapa. Luis Fernando Veríssimo.

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 24 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/