Dólar Comercial: R$ 5,31 • Euro: R$ 6,00
Sexta, 14 Agosto 2020

Sugestão Netflix: G.O.R.A

Comédia/ficção científica turca, estrelando no papel principal o malandro vendedor de tapetes Arif. Ele é entusiasta da ufologia e vive de criar falsas aparições extraterrestres para empresários e jornalistas, e de enganar turistas com suas falsificações de ruínas históricas.


Um dia, após ser desmascarado por turistas japoneses, ele recebe a ilustre visita do príncipe Charles e sua esposa que vieram à Turquia para comprar tapetes. Na verdade, os ingleses eram alienígenas disfarçados e o tapete era só um pretexto para abduzir Arif, o único turco entre os tripulantes de várias partes do mundo. 


No seu trajeto rumo ao planeta G.O.R.A, ele liga para um amigo na Turquia, mas obviamente não é levado a sério, para completar um holograma misterioso que surge em momentos inoportunos. Diz que ele é o escolhido para salvar o povo alienígena. 


No cativeiro, que mais parece um presídio de filme americano, Arif conhece Bob Marley Faruk, um ex-produtor de cinema e ex-dono de bar que foi abduzido enquanto tentava se suicidar. Assim como nos filmes de prisão, Bob torna-se o protetor de Arif e convida-o para trabalhar na cozinha. Ele aceita o convite só para tentar encontrar a saída da espaçonave, mas a experiência de oito anos de confinamento do amigo não serviu de muita coisa, já que todas as tentativas fracassaram. 


Ironicamente, o rebelde e solitário Arif dos primeiros dias vira o manda chuva em pouco tempo, saindo incólume de punições, enquanto outros com melhor comportamento são mandados para campos de trabalho forçado.

O rei de G.O.R.A convoca uma reunião entre as lideranças governamentais para impedir a colisão de um meteoro com o planeta O comandante é o único entre eles que afirma conseguir impedir o choque e só usará sua invenção se o rei conceder sua filha, a princesa Ceku, em casamento.


A invenção falha, mas Arif invade a cúpula governamental, e usando a fórmula de um filme americano, consegue destruir o meteoro, sob a condição de que ele e seus amigos possam voltar à terra. O ciumento comandante fica furioso e manda-o de volta para cela. 


A princesa pede para um dos conselheiros de seu pai ajudar Arif em sua fuga, ele escapa da nave junto com Bob e o proscrito lacaio robô 216. Do lado de fora, eles conseguem fugir do extermínio capitaneado pelo comandante se escondendo na mata. Na florest,  Arif recebe treinamento em artes marciais do seu mestre que também disponibiliza uma nave. Arif aceita os presentes, mas antes precisa voltar para G.O.R.A para anular o casamento da princesa Ceku.  


Interessante saber que o ator Cem Yilmaz interpretou quatro papéis diferentes, não tinha percebido ao assistir, só descobri depois nas informações do IMDB. 


O filme começa muito bem e é bastante engraçado até a metade do terceiro ato, depois o diretor exagera nas piadas, cenas repetitivas e referências ao cinema de hollywood. O final é muito longo e moroso, poderia terminar com trinta minutos menos.  

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 14 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection