Dólar Comercial: R$ 5,62 • Euro: R$ 6,67
Sábado, 24 Outubro 2020

Sugestão Sesc Digital Cinema em Casa

Filme sueco que ganhou vários prêmios em festivais de cinema fantástico, adaptado de um conto Gräns do escritor John Ajvide Lindqvist, que ficou famoso pelo livro e depois o filme Deixa ela Entrar, com a temática do Bullying, disponível de graça no site do Sesc.

Em Border, a policial Tina sofre com uma estranha deformação facial, atingida por um raio na infância. Ela não sabe se sua aparência se deve apenas a isto, se é fruto da herança genética ou de algum trauma ou acidente. O estranho é que seu pai, que hoje sofre de Alzheimer, se recusa a contar a história inteira.

São pouquíssimos em condições semelhantes. Tina possuí ainda instintos sobre-humanos e a capacidade de farejar a psique das pessoas, ódio, medo, raiva, apreensão, entre outros.

O rosto causa estranhamento nos transeuntes e atiça a agressividade dos cães. No seu trabalho no aeroporto, ela pede para vistoriar a bagagem de outro monstro que talvez sofra do mesmo problema. Os dois sentem imediatamente uma sintonia, provavelmente por terem a mesma doença sem classificação precisa. O resultado da perícia é constrangedor para os policiais e mais assustador que seus estojos cheios de minhocas. O monstro Vole sente-se envergonhado e Tina, com remorso, aceita encontrá-lo em outro dia para oferecer-lhe o quarto de visitas de sua casa.

Monstros do Século XXI

A recepção de Vole não é das melhores, os cães têm medo dele, e Roland, o namorado de Tina, desconfia que ele possa ser perigoso. Tina e Vole aproveitam para se conhecer melhor quando o sonso Roland viaja a trabalho. Eles questionam as próprias identidades, por que só eles são assim? Seriam extraterrestres, demônios? Existem outros como eles andando pela terra? Os dois sofrem da mesma doença?

Vole tenta convencer Tina a mudar seu estilo de vida para se tornar uma naturista maluca. Ela gosta da experiência e expulsa Roland de casa, mas não abandona de todo sua vida aparentemente normal. Ela continua a trabalhar, diferente de Vole, que mantém-se nômade. A convivência com o estranho estimula Tina a buscar respostas sobre seu passado com o pai. Mesmo gostando de Vole, ela desconfia de seus hábitos estranhos e hesita em entrar de cabeça na nova vida. A geladeira que ele mantém trancada com fita isolante levanta suspeitas.

Excelente trabalho da equipe de maquiagem e efeitos especiais. Não à toa, o filme foi tão elogiado nessas duas áreas. Os monstros são extremamente realistas.

A história mostra assuntos complexos, que muitas vezes são tratados de forma superficial, além de abrir espaço para várias interpretações: Bullying, isolamento social, seres extraterrestres, transhumanismo, gênero e outros que podem ou não se tornar realidade no futuro.

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 25 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection