Segunda, 27 Setembro 2021

Todos em busca do novo

 

As urnas mostraram que o eleitor decidiu apostar seu voto no novo. Os candidatos tradicionais que conseguiram sair em vantagem nas eleições do último dia 7 foram exceções. Os grandes vitoriosos foram os que se disseram dispostos a romper com o passado e prometeram firmar um pacto com a mudança. 
 
Não por coincidência, os candidatos que passaram para segundo turno com vantagem sobre os seus adversários foram justamente os que representavam o novo. Em Vitória, Vila Velha e Cariacica, os candidatos novatos, aqueles que nunca exerceram cargo executivo, continuam agarrados no discurso do novo, pois foi o que funcionou bem até agora. 
 
As primeiras pesquisas do segundo turno também confirmam o favoritismo dos candidatos que prometem a mudança para o novo. Luciano Rezende (Vitória), Rodney Miranda (Vila Velha) e Juninho (Cariacica) continuam como favoritos na disputa. 
 
Intrigados com os resultados das urnas que deram vantagem aos seus oponentes no primeiro turno, os candidatos que largaram atrás na corrida do segundo turno também resolveram apelar para o discurso do novo. Ou seja, agora todos os candidatos se dizem pactuados com o novo, com a mudança. 
 
Agora que o discurso do novo é uníssono, cada um dos candidatos anuncia que é ele o genuíno representante do novo. O outro não passa de um impostor que se apresenta numa roupagem moderna para tentar esconder um projeto obsoleto, anacrônico, que levará a cidade para um retrocesso sem precedentes. 
 
Embora boa parte do eleitorado tenha “comprado” o projeto do novo, a impressão que se tem é de que as pessoas ainda não pararam para analisar o que de fato tem dentro dessa embalagem que carrega o discurso do novo.
 
Se o eleitor fizer essa pergunta aos candidatos, eles não saberão responder. Eles só sabem que carregam uma embalagem que até agora os levou longe. E que pretendem continuar segurando essa embalagem com unhas e dentes até o final da disputa. Quando a vitória estiver consumada, já não importará mais o conteúdo da embalagem. 

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/