Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,72
Quinta, 29 Outubro 2020

Um contratempo

O começo do filme parece uma versão espanhola de Eu sei o que vocês fizeram no verão passado, de Wes Craven, mas é só uma impressão, Um Contratempo supera, e muito, o filme americano. 

O início clichê todos conhecem. Um casal de amantes pulando a cerca escolhe um caminho alternativo de volta para casa. Durante uma discussão, eles perdem a atenção e o motorista freia bruscamente ao ver um cervo surgir no meio da estrada. Outro motorista vindo em direção contrária bate a cabeça no volante ao desviar do animal.

O casal vai até o carro do rapaz e tenta reanimá-lo, sem sucesso, mesmo após várias tentativas. Um deles decide ocultar o corpo e varrer o episódio para debaixo do tapete.

A tensão aumenta quando o carro quebra no meio da rodovia e dois transeuntes desconfiados, um no momento da batida e o outro quando o carro enguiçou, são os principais álibis.

Não quero dar spoiler do filme, mas garanto que é muito melhor do que parece. A história cheia de chavões no começo engana. Depois dessa parte, o filme evolui com reviravoltas criativas.

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 29 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection