Terça, 18 Janeiro 2022

Caê Guimarães lança livro vencedor do Prêmio Sesc de Literatura

cae_guimaras_foto_fabricio_zucoloto Fabricio Zucoloto
Divulgação

Em seu romance de estreia, o escritor Caê Guimarães já conseguiu voos altos. Sua obra Encontro você no oitavo round foi vencedora do Prêmio Sesc de Literatura 2020, que costuma revelar grandes talentos literários do Brasil. Mas Caê não é iniciante, tendo uma sólida carreira como poeta e contista. O livro premiado, que se destaca pela linguagem ágil, foi publicado pela editora Record.

A obra agora está disponível no Espírito Santo, podendo ser comprada com o próprio autor e na livraria e sebo Leitura Fina, no Centro de Vitória, além dos sites de venda, como o da Record. "Isso me remete ao fato lamentável – diria até trágico – que é a quantidade de livrarias na nossa região metropolitana", lamenta, sobre a impossibilidade de pulverizar mais sua obra pelo entorno de onde foi escrita.

Para os capixabas será possível enxergar no cenário em que a trama se desenvolve a cidade de Vitória, embora pouco nominada, mostrada em suas características geográficas e alguns detalhes paisagísticos e históricos.

A trama gira em torno de um personagem que traz em seu nome um aparente paradoxo Cristiano Machado Amoroso, boxeador em fim de carreira que narra sua história a uma jornalista. A ironia do nome é também a inusitada trajetória do protagonista, um homem que abandonou a sensibilidade de uma promissora carreira de poeta e escritor para se dedicar ao pugilismo, esporte tão associado à violência, mas como o livro desvela, exige muita força psicológica, inteligência, estratégia e outros elementos para além dos músculos e preparação física.

Sobre a vida de escritor e de jornalista, que permeiam a obra, são terrenos conhecidos de Caê Guimarães, que exerce as carreiras há muito tempo em paralelo. A existência da jornalista Esther, uma idealista, representa por si só uma crítica saudosa do autor ao jornalismo contemporâneo, de redações silenciosas, releases e cômodas pesquisas no Google.

Fabricio Zucoloto

Já o boxe, é uma paixão de infância que atribui a seu avô Felix, que praticou pugilismo e acordava Caê ainda criança para assistir as lutas na TV. É justamente o abandono da carreira literária de Cristiano para se dedicar ao boxe o grande mistério que permeia o livro, narrado em primeira pessoa pelo personagem.

Certamente exigiu muito esmero do autor para conseguir absorver e transmitir ao leitor a atmosfera do mundo do pugilismo não só em seus bastidores mas também na didática explicação sobre os estilos de pugilistas e os golpes, fazendo de Encontro você no oitavo um round um livro que pode agradar tanto quem já conhece o meio como quem nunca nem assistiu a uma luta.

De extensão curta, com 140 páginas, o ritmo rápido e bem encadeado é uma marca forte do livro e se desenvolve em três momentos. De uma primeira parte do livro em que o autor se prepara para sua última luta e foge de um zumbido que o atormenta assim como se esquiva do seu passado. Um momento de fôlego descreve a luta final round a round, trazendo para as letras o emocionante e impactante cenário dos ringues. Mas é só ao fim que emerge a verdade pretérita e surpreendente protegida pela guarda permanente do pugilista que volta a escrever.

Caê Guimarães comemora a repercussão que a obra tem conseguido, com comentários positivos em grandes meios de comunicação, em blogs especializados em literatura e também nos comentários que recebe dos leitores. Embora não tenha sido o lançamento dos sonhos por conta da pandemia, o autor ainda espera pela oportunidade proporcionada pelo prêmio de rodar o Brasil com a obra. "O circuito do Sesc Nacional vai acontecer, mas para isso é preciso esperar as condições sanitárias adequadas, o que no Brasil de hoje, com a total irresponsabilidade do governo federal no combate à pandemia, é uma incógnita. Vamos aguardar", critica.

Assim que houver condições para circulação, o escritor do Espírito Santo deve circular pelos diversos estados junto com Tônio Caetano, escritor gaúcho que venceu na categoria Contos, com a obra Terra nos Cabelos. "E aqui no Espírito Santo vai acontecer um circuito em municípios da Grande Vitória e do interior em uma certa Kombi vermelha beatnik", diz, dando pistas para os mais atentos à cena literária capixaba.

Caê Guimarães vence Prêmio Sesc de Literatura

Com romance inédito sobre um pugilista, escritor do Espírito Santo recebe um dos mais importantes prêmios do país
https://www.seculodiario.com.br/cultura/cae-guimaraes-vence-premio-sesc-de-literatura

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 19 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/