Dólar Comercial: R$ 5,27 • Euro: R$ 6,40
Segunda, 21 Junho 2021

Crônicas sobre viagens compõem 'Trânsitos de Alma', de Elaine Dal Gobbo

elaine_dal_gobbo_foto_suellen_suzano Suellen Suzano

Quem não gosta de viajar? Seja lendo um bom livro ou colocando os pés na estrada, viajar é sair da rotina e se deslocar a outro lugar. Viagem é o tema do livro Trânsitos de Alma, da jornalista e escritora Elaine Dal Gobbo, que será lançado na próxima quarta-feira (24), às 19h, em evento online transmitido pelo Instagram da Thelema.

Não se trata de um guia descritivo com sugestão de lugares ou com dicas do que visitar, onde dormir e onde comer, embora isso tudo também apareça distribuído espaçadamente ao longo das 14 crônicas que compõem a obra.

Mas na essência, o livro trata de reflexões sobre viagens e o ato de viajar. Desde 2017, Elaine, que também é repórter de Século Diário, mantém o blog Por Aí Dicas de Viagem, relatando impressões dos locais que visita no Espírito Santo, no Brasil e no mundo. "Criei esse blog porque na minha profissão sempre escrevi coisas relacionadas à política, então queria escrever algo diferente, mais leve, e com o blog eu consigo".

Suellen Suzano

Em Trânsitos de Alma, porém, ela inclui apenas textos inéditos, nunca publicados no blog. Cheio de referências, a publicação traz impressões sobre locais desde Roça Velha, zona rural de Cariacica e terra natal de seu pai, até a distante Cuba, uma pequena ilha que desperta até hoje tantas paixões. Passa pela espiritualidade, cultura e política da Marcha dos Mártires, no Mato Grosso, do Dia de Iemanjá, em Salvador, e da figura de dona Maria Laurinda Adão, liderança do quilombo de Monte Alegre, em Cachoeiro de Itapemirim, sul do Espírito Santo. Pelos ritmos, sabores e belezas do Pará, da Argentina, de Foz do Iguaçu.

O foco de Elaine Dal Gobbo é na experiência. Talvez o mais importante da viagem não seja onde você quer chegar, mas o que te motiva a partir. "Caminhante, não há caminho. Se faz o caminho ao andar", disse o poeta espanhol Antonio Machado.

O início da trajetória da jornalista viajante, como conta no livro, se dá quando universitária, ao se envolver com o movimento estudantil, que além de formação política e cidadã, pode proporcionar alguns "rolês" pelo país a preços módicos e em condições bastante simples, que um jovem com poucos recursos e muita curiosidade pelo novo enfrenta com tranquilidade.

Suellen Suzano

A preparação para uma viagem, a desconstrução sobre viajar sozinha e o desafio de fazê-lo sendo mulher, os gosto pela fotografia, a necessidade de respeito e empatia, os encontros com desconhecidos que nos ajudam a entender melhor os lugares, e, é claro, os famosos "perrengues", que depois do susto momentâneo se transformam em boas histórias para contar. Tudo isso aparece na obra, de uma leitura leve e fluida, na qual a autora busca constantemente desconstruir os preconceitos sobre viajar, sobre quem viaja e sobre o que se pode encontrar numa viagem.

"Alguns lugares trouxeram reflexões sobre o encontro com outras culturas e a necessidade de respeito à diversidade, não só de quem te recebe, mas também do visitante com as pessoas nativas. Outra reflexão é sobre a valorização das raízes. Para ter grandes experiências e viver algo bacana não é preciso necessariamente ir para outros lados do mundo, pode tê-las no lugar onde você nasceu, ou muito perto dele", conta Elaine.

Complementam as páginas, o prefácio da professora da Universidade Federal do Estado (Ufes) Andressa Zoe Nathanailidis e as ilustrações de Dama Gigante, que também assina a capa da obra, lançada pela Editora Maré, com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Cariacica João Bananeira. O livro está à venda por R$ 30, que podem ser pagos por PicPay ou Pix, e serão entregues pelo correio.

Parte do valor arrecadado com as vendas será destinado ao núcleo de Cariacica da Rede de Cursinhos Populares AfirmAção, que busca preparar estudantes de origem popular para acessar o ensino superior.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários: 1

Dauri Correia da Silva em Sábado, 20 Março 2021 08:59

Com certeza uma bela obra de arte.
Eis a Artista!

Com certeza uma bela obra de arte. Eis a Artista!
Visitante
Segunda, 21 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/