Segunda, 15 Agosto 2022

Edifício histórico recebe reformas para melhor abrigar centro cultural

triplex_foto_vitor_taveira Vitor Taveira

ESPAÇOS CULTURAIS

Triplex inicia reforma de edifício no Centro de Vitória

O antigo Hotel Imperial, localizado na Praça Costa Pereira, pleno coração de Vitória, está sendo reformado. Transformado em espaço cultural e conhecido como Triplex, o edifício de três andares e 20 salas começou a ganhar uma pintura nova que chama a atenção dos transeuntes. Além disso, o prédio passa por ajustes na parte elétrica e hidráulica. Há ainda planos para incluir na estrutura medidas sustentáveis como energia solar e captação de água da chuva, segundo informa Perly Cipriano, militante histórico dos direitos humanos e um dos responsáveis pelo espaço, que é privado mas de uso coletivo.

Vitor Taveira

Já funciona no local iniciativas como cineclube, rádio e Clube do Vinil, sendo que há muitos planos para o futuro que vão ser ou já estão sendo implementados, como uma biblioteca, um acervo de folclore, uma TV, um bar cultural, espaço para exposições e reuniões e escritórios. Sobre a parte externa, revigorada com novas cores, já mudou o visual do Centro, como destacado nas redes digitais pela produtora cultural Stael Magesck, que, porém, teceu uma crítica paisagística: o emaranhado de postes e fios impede melhor visualização da fachada do imóvel histórico. A associação de moradores do bairro vem cobrando o enterramento dos cabos.

Casa Kaya é novo espaço cultural em Fradinhos

 

Com a inauguração da E.L.A: Exposição Livre de Arte, a Casa Kaya abre as portas no bairro Fradinhos, em Vitória, neste sábado, de 15h às 22h. Dela participam as artistas Nathália Assumpção, Juliana Almeida, Bárbara Carnielli, Jessica Loco, Keka Florecio, Chama.Amanda, Geanna Abreu, Lu Bicalho, Camz Art, Musca e Bia Rô. Além disso, o local receberá show com voz e violão de Yuri Guijansque e o DJ Relima Art. O lema do novo espaço cultural é: "Apoie o rolê independente – Respeite os vizinhos – Apoie os artistas. Para saber mais acesse o Instagram @casakayavix.

Cadastro de espaços culturais segue aberto

Falando em espaços culturais, continua aberto o cadastro para participar da Rede de Espaços Culturais do Espírito Santo, criada pela Secult. Podem participar locais de todo Estado, como teatros, museus, galerias, escolas de música, capoeira e dança, ateliês de arte, artesanato, design, entre outros lugares de produção cultural e artística. Porém, é necessário ter sede física há mais de dois anos. O cadastro deve ser feito pelo site Mapa Cultural do Espírito Santo. Mais informações aqui.

POLÍTICA CULTURAL

Secretários de cultura do Brasil participam de reunião em Vitória

Divulgação

O Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura se reuniu na quinta-feira (10) no Palácio Anchieta, em atividade que contou com presença de mais de 20 secretários estaduais e do governador Renato Casagrande. A pauta incluiu a agenda nacional de cultura e atualizações sobre as leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2, que descentralizam recursos e estão em fase final de tramitações no Congresso Nacional. Também se discutiu a Conferência Nacional de Cultura, a ser realizada ainda neste ano. Os gestores elaboraram ainda a Carta de Vitória, que deve ser divulgada em breve, manifestando as ideias e posições dos gestores sobre a política cultural no país.

Debates da cultura disponíveis online

A reunião aconteceu em meio à programação da 3ª Festa da Criatividade, evento promovido em parceria entre Secult, Sebrae e outros órgãos e entidades. Além dos diversos secretários, participaram alguns dos mais destacados gestores culturais do Brasil, como o ex-ministro da Cultura Juca Ferreira, os ex-secretários nacionais de cultura Ivana Bentes, Célio Turino e Alexandre Santini, a secretária de Cultura do Pará, Úrsula Vidal, e o ativista Pablo Capilé. A mesa de encerramento, que aliás foi além de interessante bem divertida, reuniu os líderes indígenas Ailton Krenak e Werá Djekupé e o monge Daiju San. Os vídeos das principais mesas de debate podem ser assistidos aqui.

Secult lança cartilha sobre 10 anos do Funcultura

Um estudo do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) em parceira com a Fapes e a Secult avaliou os 10 primeiros anos de funcionamento do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura), hoje um dos mais importantes e consolidados instrumentos de democratização da arte e cultura no Estado. O material, disponível online, analisa a caracterização, desenho e processos do fundo, dados e resultados de sua aplicação, análise crítica e recomendações de melhorias a serem feitas.

Política pública continuada: gestores capixabas lançam carta

Ex-secretários e equipes da Secult, Fapes e IJSN. Foto: Secult

No evento de lançamento do estudo, realizado na quarta-feira (9), no Museu de Arte do Espírito Santo (Maes), estiveram presentes todos os secretários que ocuparam a pasta da Cultura desde a criação do Funcultura. Além do atual secretário Fabricio Noronha, compareceram e falaram no evento Deyse Lemos, Maurício Silva, Frei Paulão e João Gualberto. A carta foi intitulada "Funcultura 10 anos: Importância e impacto de uma política pública continuada", na qual os gestores defendem a relevância desta política ao mesmo tempo em que criticam os retrocessos na política federal e celebram novos marcos legais estaduais, como a Lei de Incentivo à Cultura Capixaba (LICC) e o Programa de Coinvestimento Cultural (Fundo a Fundo). Leia a carta e a cobertura do evento aqui

Gestora do fundo recebe homenagem

Secult

Apesar da presença de todos secretários que passaram pela pasta desde a criação do Funcultura, a grande homenageada foi a servidora da Secult Catarina Linhales, gestora do fundo desde seu início. 

Trabalhadora dedicada, foi aplaudida de pé pelos presentes e recebeu um buquê de flores. "Chegamos até aqui com essa potência que justifica o nosso trabalho. Além de acreditar no que fazemos, agradeço pelo trabalho da nossa equipe", disse na ocasião.

MÚSICA

Novos clipes de Mary Jane e Conteúdo Paralelo

A cantora Mary Jane, integrante do Melanina MCs, lançou recentemente o videoclipe solo Puma (abaixo), com produção e direção musical de Leo Grijó e filmagem da Mirabólica Filmes. Outra novidade é o clipe de Leve, do Conteúdo Paralelo, produzido pela Bicho Solto Records.

Xavi lança disco 'Terra em Transe'

Com letras contemporâneas que falam de negacionismo, autoritarismo, golpe contra cultura e desprezo intelectual, o músico e compositor Xavi apresentou seu novo disco, que leva o nome de "Terra em Transe". Ao todo são nove canções de rock que foram produzidas por Thiago Arruda. Xavi foi um dos fundadores da banda Casaca, expoente da música capixaba nos anos 2000, que ele deixou em 2017 para seguir carreira solo.

Hélio Filho

LITERATURA

Francisco Grijó toma posse na Academia de Letras

PMV

O professor, escritor e ex-secretário de Cultura de Vitória, Francisco Grijó, já tem data marcada para tomar posse como membro da centenária Academia Espírito-Santense de Letras (AEL), onde ocupará a cadeira de número 4, que tem como patrono o poeta Ulisses Teixeira da Silva Sarmento. Vai ser no dia 31 de março, às 19h, no Palácio da Cultura Sônia Cabral, no Centro de Vitória. Na ocasião, Grijó será saudado pela acadêmica Bernadette Lyra e haverá lançamento da nova edição da revista da AEL. A entrada é gratuita. 

CULTURA POPULAR

Oficina sobre personagem do congo 

Claudio Postay

Mestre Valdeci, da Banda de Congo São Sebastião de Taquaruçu, vai realizar uma oficina gratuita de confecção de máscaras e indumentária do João Bananeira, o personagem mítico do congo de Cariacica. Será nos próximos dias 19 e 20, de 14h30 às 17h, na sede banda. O público-alvo são moradores de Cariacica a partir de 16 anos de idade. A oficina faz parte do projeto "Do congo de Cariacica ao Congo Mineiro", que busca aumentar o conhecimento e diálogo sobre o congo capixaba e a também chamada congada de Minas Gerais, e foi aprovado a nível municipal pela Lei Aldir Blanc.

AUDIOVISUAL

Festival de Cinema de Santa Teresa abre inscrições

Preparado para sua quinta edição, o Festival de Cinema de Santa Teresa (FECSTA) abriu inscrições para filmes que queiram participar das mostras competitivas. O prazo vai até 25 de março e o link é esse aqui. O melhor filme capixaba ganha um troféu e prêmio em dinheiro. O evento acontece de 28 a 30 de julho, unindo cinema, educação, meio ambiente, música, poesia e teatro.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 16 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/