Segunda, 27 Setembro 2021

Espírito Santo cria comitê estadual da Lei Paulo Gustavo

WhatsApp-Image-2021-06-05-at-09.00.40 Divulgação

POLÍTICA CULTURAL

Comitê Paulo Gustavo fará novas reuniões online

O Espírito Santo foi a nona unidade da federação a realizar encontro para criação de um comitê estadual e discussão do projeto da Lei Paulo Gustavo (PLP 73/2021) para fomento da cultura. A proposta que tramita no Senado prevê o repasse de R$ 4,3 bilhões de recursos de fundos culturais federais para estados e municípios investirem em projetos culturais.

Participaram da primeira reunião, mediada pela atriz Beth Caser, artistas, produtores culturais e autoridades como o secretário estadual de Cultura Fabricio Noronha, o senador Fabiano Contarato (Rede), o deputado federal Helder Salomão (PT), a deputada estadual Iriny Lopes (PT), presidente da Comissão de Cultura da Ales, e a vereadora de Vitória Karla Coser (PT). A meta é realizar em breve um segundo encontro buscando a presença dos outros senadores capixabas e dos gestores municipais.

Divulgação

Audiovisual receberia maior parte dos recursos

O modelo proposto é similar ao da Lei Aldir Blanc, descentralizando os recursos de superávit do Fundo Nacional de Cultura (FNC) e do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) para todos estados e municípios do Brasil. Do total, R$ 2,8 bilhões seriam destinados para produção, capacitação e difusão no audiovisual, por serem oriundos do FSA. Mais de R$ 1 bilhão seriam destinado às demais áreas. Uma novidade da Lei Paulo Gustavo é a exigência de contrapartida de estados e municípios, que pode variar entre 1% e 5% do total em recursos próprios destes entes, para somarem-se às verbas federais.

Líder do governo será relator da Lei Paulo Gustavo

Divulgação
Proposta pelo senador Paulo Rocha (PT/BA), o projeto de lei terá como relator o senador Eduardo Gomes (MDB/TO). 

Embora seja ex-líder e atual vice-líder do governo no Senado, Gomes é visto como de boa relação com a classe artística e apoiador do projeto, o que representaria uma derrota ao secretário de Cultura do governo federal, o ator bolsonarista Mário Frias, que se opõe à descentralização do recurso federal.

Câmara propõe Lei Aldir Blanc 2

Enquanto no Senado tramita a Lei Paulo Gustavo, na Câmara dos Deputados a proposta do PL 1518/2021, de Jandira Feghalli (PCdoB/RJ), é para criar a Política Nacional Aldir Blanc, para repasse de R$ 3 bilhões anuais para a cultura a estados e municípios a partir de 2022. A proposta é tornar a política permanente, estruturando e fortalecendo os mecanismos do Sistema Nacional de Cultura, que teve na Lei Aldir Blanc seu melhor teste de funcionamento até então. Sobre a mesma, que ainda poderá liberar recursos que sobraram do ano passado, o secretário Fabricio Noronha, agora presidente do Fórum Nacional de Dirigentes Estaduais de Cultura, comentou na página Emergência Cultural os próximos passos necessários para isso.

TERRITÓRIO E DIVERSIDADE

Jace Theodoro lança audiolivro

Rafael Zambe
O escritor, jornalista e ator Jace Theodoro lança no próximo dia 17 de junho o audiolivro "Olhar de aceno para os lados", versão com sua própria voz de sua obra, publicada em versão impressa pela Editora Maré em 2019. Além do audiolivro, também será disponibilizada uma versão e-book por R$ 9,90 em plataformas como Kobo, Tocalivros, Google Books e Amazon. Na versão audiolivro de "Olhar de aceno para os lados" Jace interpreta 50 crônicas de sua autoria, contando com participação de sua afilhada Annelise Damasceno, de sete anos, e a atriz Betty Erthal, de 70 anos. Com recursos da Lei Aldir Blanc, a editora está investindo nas novas versões de suas publicações, aumentando a acessibilidade. Mais informações no Facebook e Instagram da editora.

Poesia Urgente traz ecoperformance em Itapemirim

Divulgação
No domingo (13), às 9h, o projeto Poesia Urgente realiza uma performance ao vivo na Praia da Gamboa, em Itapemirim, que faz parte do lançamento de um projeto de séries de vídeos curtos de performance e poesia. A transmissão será pelas redes sociais da Dona Música Produções. A proposta é de processos que envolvam corpo, poema, ecologia, som, artes visuais, audiovisual, reunindo quatro jovens artistas para construção das performances ecopoéticas. Vale acompanhar pelo Instagram e pelo site do projeto.

DICAS CULTURAIS

Audiovisual

Mata Negra, de Rodrigo Aragão, cineasta de Guarapari conhecido nacionalmente e internacionalmente no ramo do terror, conta a história de uma garota que encontra numa floresta o Livro Perdido de Cipriano, obra de magia negra que libera um terrível mal sobre a terra. A obra entrou recentemente no catálogo na Amazon Prime e está disponível também em outras plataformas como Vivo Play e Looke.

Música 

A canção Estações, do grupo Conteúdo Paralelo, ganhou um videoclipe especial com uma bela animação feita por Thadeu dos Anjos, que mostra o cotidiano de uma trabalhadora de aplicativos tendo como pano de fundo seu trajeto por Vitória. Detalhe para os graffiti de ACOP, FONE, NKLPK, LDM CREW, GENTIL e REN, que também permeiam a paisagem da cidade na obra. Vale ver e ouvir!

Literatura

Post its de carne & putrefação é o sexto livro da capixaba Mara Coradello, publicado este ano pela Editora Maré. Com muita poesia e algo de prosa, a escritora se manifesta de forma apaixonada, mas não alienada, traz em sua rebelde delicadeza o desejo, o gozo, e as críticas à classe média, ao patriarcado e outras opressões. A capa também é um arraso. Veja aqui.

Podcast 

Divulgação
Parede100reboco é o nome de um podcast que reúne artistas negros capixabas de várias vertentes com o intuito de debater arte, negritude, cotidiano e subjetividades. 

Já são quatro capítulos disponíveis, o último deles tendo como convidados Jadson Titanium e Letícia Dias.

CALENDÁRIO 

Mito indígena dá origem a espetáculo de dança

"Terra Sem Males" é o nome do novo espetáculo da Ehioze Cia de Dança, que estreia neste domingo (13), às 19h10, com apresentação gratuita e online, transmitida pelo Instagram do grupo. São seis bailarinos em cena com base na dança contemporânea, trazendo diversas referências à cultura indígena na música, figurino, cenografia e movimentos corporais.

Contribua

Para críticas e sugestões para a coluna CulturArte, entre em contato com . A coluna vai ao ar aos sábados no Século Diário.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/