Sexta, 24 Setembro 2021

Festa Capixaba do Livro acontecerá em novembro na Prainha

prainha_vv PMVV

LITERATURA

Fecali confirma data oficial

A Prainha de Vila Velha será sede da primeira Festa Capixaba do Livro (Fecali). Prevista inicialmente para setembro, o evento confirmou a nova data oficialmente: será entre os dias 16 e 21 de novembro. Além de contar com uma feira com venda de livros diversos, a Fecali terá uma programação cultural em paralelo com oficinas, rodas de conversa, contação de história, teatro e exibição de filmes, além de visita aos diversos monumentos histórico e culturais do entorno da Prainha. 

Slam e cineclube no Mucane

De volta às atividades, o Museu Capixaba do Negro - Veronica da Pas (Mucane) terá novos projetos em funcionamento, trazido por coletivos culturais. Um deles é o Slam de Cria, com estreia neste domingo (12), por iniciativa conjunta do Coletivo de Performance Itinerante, de Vitória, e o Coletivo Empoetem-se, de Vila Velha.

A outra novidade é que o Cine Pop Rua - Pipoca e Direitos Humanos terá exibição de filmes e debates mensais no Mucane, toda segunda quarta-feira do mês. O calendário deste ano será dias 6 de outubro, 10 de novembro e 8 de dezembro, com filmes com temas como moradia, cidade, saúde mental, raça, gênero e classe. Além disso, no dia 13 de novembro haverá um circuito cineclubista com programação durante todo o dia.

Ingrid Carrafa lança 'E quando borboletas carnívoras dançam no estômago'

Divulgação

A escritora Ingrid Carrafa lança, na próxima quinta-feira (16), o livro de poesia E quando borboletas carnívoras dançam no estômago, publicado pela Editora Maré. A obra será apresentada numa live da autora às 20h, no Instagram da editora, em que Ingrid fará um bate-papo com a jornalista e escritora Lívia Corbellari. A publicação aborda temas como solidão sexo, família, amor, morte e vida, com histórias íntimas porém comuns a muitas pessoas. A obra tem prefácio da escritora Bernadette Lyra e capa ilustrada pelo artista plástico Caio Cruz. A artista também explora a poesia de forma visual por meio de autorretratos em sua rede social.

Poesia na penitenciária 

O livro de Ingrid Carrafa conta com apoio da Secult-ES por meio do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura). Uma das contrapartidas oferecidas é a doação de 100 edições para a Penitenciária Feminina de Cariacica - Bubu, onde também serão exibidos dois vídeos-poemas de textos que estão no livro, interpretados e encenados pela autora com imagens de Heitor Righetti. Estes vídeos também serão publicados no Instagram da Maré.

FOTOGRAFIA

Coletivo 028 lança concurso fotográfico internacional

As ruas das cidades de Cachoeiro de Itapemirim, sul do Estado, e de Bogotá, capital da Colômbia, receberão impressões em "lambe-lambe" das fotografias selecionadas pela Mostra Internacional Luz del Fuego de Mulheres Brasileiras na Fotografia. A iniciativa é do Coletivo 028, de Cachoeiro, que traz o tema "Mulher Brasileira Presente", na busca de mostrar o protagonismo feminino em movimentos culturais, sociais, religiosos e políticos. Cada inscrita poderá apresentar até 10 fotografias e serão 60 vagas selecionadas, com reserva de vagas para mulheres LGBTQIA+, comunidades indígena, mulheres negras e para fotógrafas estreantes. Inscrições e mais informações no site oficial: https://luzdelfuego.com.

Livro de fotografia lançado em assentamento capixaba 

Rodrigo Rossoni

Mais de duas décadas de trabalho envolvem o livro Olhares comprometidos: fotografia e identidades no MST, lançado pela Edufba. Nele, o professor e fotógrafo Rodrigo Rossoni trabalhou junto com moradores do assentamento Piranema, em Fundão, em registros fotográficos do local e das pessoas que lá habitam. A obra foi publicada no início deste ano, mas agora teve lançamento presencial neste domingo (12), às 10h, em evento aberto no assentamento, seguindo as normas de prevenção à Covid. O livro e outros registros relacionados ao projeto podem ser encontrados no site www.olharescomprometidos.com.

MÚSICA

Raya lança segundo single de seu EP 

Marcela Bicalho

Sozinha é o nome do segundo single da cantora Raya, que fará parte de seu primeiro EP. Ela aborda a solidão da dita "mulher forte". O EP contará com cinco músicas, entre elas Primeiro Amor, a primeira a ser lançada nas diversas plataformas de streaming. A gravação de Sozinha teve produção do músico e compositor Luri, e contou com Maria Gabriela Oliveira, na guitarra, Thaysa Pizzolato, no teclado, Douglas Vidal, no baixo, e Matheus Estrela, na mixagem e masterização. Ouça as canções no Spotify ou outras redes.

A César o que é de César!

Divulgação

Ainda na música, se alguém perdeu, o grande lançamento da semana foi o primeiro disco de César MC, Dai a César o que é de César, com sete canções, cinco delas inéditas. O rapper do Morro do Quadro, em Vitória, vem ganhando expressão nacional e seu álbum conta com participação de dois dos maiores nomes do rap nacional atual, Emicida e Djonga. Ouça aqui. Mais informações sobre o disco aqui em matéria aqui do Século Diário.

TECNOLOGIA

Mapa Cultural em App 

Plataforma online que conecta fazedores de cultura do Espírito Santo, o Mapa Cultural agora também está disponível em aplicativo para celular. Além de acessar pelo site mapa.cultura.es.gov.br, o usuário poderá baixar o aplicativo aqui. O app foi idealizado pelo grupo cultural Osviajero, desenvolvido pela Devix e direcionado pela Inorama. O projeto foi realizado por meio do edital Cultura Digital, lançado pela Secretaria de Cultura do Espírito Santo com recursos federais oriundos da Lei Aldir Blanc.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 24 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/