Sábado, 15 Junho 2024

Festival Formativo MarataRap promove cultura hip-hop em Marataízes

Marata_Rap_redes_02 Rian Moreira
Rian Moreira

Há um ano e quatro meses, o instrutor de jiu-jitsu Hiago Paz decidiu se juntar com alguns de seus alunos e outras pessoas interessadas para promover batalhas de rap na orla de Marataízes, município do litoral sul do Espírito Santo, toda quinta-feira. O movimento pegou e, nesta quinta-feira (1º), acontecerá a primeira edição do Festival Formativo MarataRap, evento que pretende fortalecer a cultura hip-hop na região com consultorias especializadas para artistas iniciantes, roda de conversa e, claro, batalhas de rimas com premiações.

O festival contará com a presença de Diego Cavaleiro Andante, rapper, escritor e produtor cultural que dará consultorias especializadas para artistas iniciantes, de forma individual ou em grupo. As atividades de formação acontecerão ao longo do dia na Casa Roxa – que organiza o evento junto com o MarataRap. Diego também será o mediador de uma roda de conversa sobre o rap como movimento social, que acontecerá às 19h, no "Deck do Verão".

Às 21h, na orla central, acontecerá a batalha de rimas do festival. Os prêmios ao vencedor incluem R$ 200 em dinheiro, duas peças exclusivas da loja Dastreet, troféu e construção gratuita de projeto para captação de recursos a serem aplicados em plano de carreira – incluindo turnê, produção musical e audiovisual. Um dos convidados especiais que marcará presença será Peter do Busão, rapper da Grande Vitória que tem se destacado em batalhas dentro e fora do Estado.

O agendamento das consultorias e a inscrição na batalha devem ser feitos diretamente com Hiago Paz, pelo telefone (28) 99902-6839. "O objetivo é proporcionar aos jovens da cidade que querem seguir carreira a possibilidade de obter conhecimento, para saberem o melhor caminho – principalmente garotos da periferia, que têm poucas oportunidades", explica Hiago Paz.

Segundo Hiago, quando surgiram as batalhas do MarataRap, a intenção era fazer dez edições do evento na orla de Marataízes. Entretanto, a iniciativa deu tão certo que, hoje, já são cerca de 60 batalhas realizadas, contando com a presença de dezenas de jovens da região.

"O intuito era mesmo proporcionar uma vivência para os jovens da cidade. Marataízes ainda não tinha batalhas. Existiam meninos já com uma caminhada no rap, que produziam suas músicas de forma independente, mas o MarataRap surgiu para dar visibilidade a essa cena", comenta.

Além de Marataízes, a expectativa é de que o Festival Formativo MarataRap – organizado com recursos de um edital da Secretaria de Estado da Cultura (Secult-ES) – agregue participantes de cidades como Cachoeiro de Itapemirim, Alegre e Castelo, no sul do Estado; de municípios vizinhos do litoral sul, como Itapemirim; e também da Região Metropolitana, como Vitória e Guarapari.

Rian Moreira

Serviço:

Festival Formativo MarataRap

Quando: 01/02 (quinta-feira)

Onde: Marataízes

O que vai ter: atividades de formação e batalha de rap

Entrada: gratuita

Inscrições na batalha e consultoria: (28) 99902-6839 (Hiago Paz)


Programação

Consultorias Técnicas Agendadas (individuais, em dupla ou trio)

Manhã: 9h - 10h - 11h

Tarde: 14h - 15h - 16h

Local: Casa Roxa (Rua José Pina, 55, Areias Negras, Marataízes)


Roda de conversa

Tema: "Rap como movimento social"

Horário: 19h

Local: Orla Central de Marataízes


Batalha do Festival

Horário: 21h

Local: Orla Central de Marataízes


Confraternização

Horário: 23h

Local: Orla Central de Marataízes


Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 16 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/