Dólar Comercial: R$ 5,31 • Euro: R$ 6,29
Sexta, 04 Dezembro 2020

Governo define detalhes para liberar recursos da Lei Aldir Blanc

aldir-blanc_Arquivo_pessoal Arquivo Pessoal

Depois da aprovação e sanção da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, os detalhes da regulamentação e liberação de recursos seguiram movimentando os bastidores políticos. Algumas questões pendentes foram definidas, como o fato dos governos estaduais ficarem responsáveis pelo pagamento emergencial aos trabalhadores da cultura que perderam renda e as prefeituras em apoiar os espaços culturais. Ambos têm por obrigação destinar ao menos 20% dos recursos recebidos para o terceiro viés da lei, que são as políticas de fomento como editais, chamamentos e outras medidas. No total, a lei vai liberar R$ 3 bilhões do Fundo Nacional de Cultural e outros meios para todos estados e municípios brasileiros, no maior investimento da história no setor. Para o Espírito Santo, serão quase R$ 60 milhões, sendo metade para o Fundo Estadual de Cultura e o restante para ser dividido entre os 78 municípios.

Participação sem CNPJ 

Um ponto polêmico nos debates entre sociedade civil, estados e municípios com o Governo Federal foi a posição deste em exigir que os espaços culturais contemplados tivessem CNPJ, o que contrariava o espírito da lei, pensada para apoiar sem burocracia os atingidos pela proibição dos eventos culturais por conta da pandemia da Covid-19. Depois de muitas mesas de diálogo, o ponto foi fechado na sexta-feira (17) com o acordo para que espaços e coletivos culturais sem CNPJ possam participar. Os próximos passos serão a emissão de um decreto que deve sair na próxima semana para a plataforma que fará os repasses a estados e município. A expectativa é que os recursos cheguem no início de agosto.

Inscrições para Ufes Jazz Festival

A mostra Ufes Jazz Festival & Mais Música abriu inscrições para artistas interessados em participar de sua edição 2020, que vai ser totalmente online. As inscrições vão até dia 3 de agosto por meio de formulário digital. A inscrição é gratuita e podem participar artistas ou grupos em que pelo menos um dos proponentes tenha algum vínculo com a Ufes seja como estudante, professor, técnico ou pesquisador, ativo ou egresso. Deve ser enviado vídeos com duração entre 2 e 10 minutos. O edital completo está disponível aqui. Mais informações no Instagram do projeto.

Canal divulga arte independente

 

"Menos um canal" é o nome do novo projeto do produtor cultural Heitor Righetti para divulgar e debater trabalhos artísticos independentes, com destaque para a cena artística do Espírito Santo, sobretudo musical. No canal do YouTube, vídeos com análises de trabalhos dos músicos Fepaschoal, Fabriccio (abaixo) e Gabriela Brown. O projeto também visa divulgar conteúdos no Instagram e playlists musicais no Spotify.

Todos os Paulos do Mundo 

Documentário do cineasta do Rodrigo de Oliveira sobre o ator Paulo José, "Todos os Paulos do Mundo" está disponível para ser assistido gratuitamente por streaming durante um mês por meio da sala virtual do CineSesc de São Paulo. O filme se destaca pela montagem feita a partir de personagens interpretados pelo ator, que aos 83 anos sofre com limitações provocadas pelo Mal de Parkinson. Fica em cartaz até dia 9 de agosto. Outra obra recentemente liberada na internet é "As Horas Vulgares", longa metragem produzido pela Pique-Bandeira Filmes em co-direção de Rodrigo com Vitor Graize e recursos do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (Funcultura). Assista abaixo:

Biblioteca Pública completa 165 anos 

Lembrança do escritor Sérgio Blank: a Biblioteca Pública do Espírito Santo, sexta biblioteca estadual mais antiga do Brasil, completou 165 anos no último dia 16. Foi inaugurada em 1885 numa das salas do Palácio Anchieta e desde 1979 está instalada em sede própria na Praia do Suá, em Vitória. A história é contada no site da Secult. "Vida longa para todas as bibliotecas", deseja o poeta Blank em suas redes. Saravá!

Divulgação/Secult

Quase mil vagas em cursos do Circuito Cultural

Também em versão online, as oficinas do Circuito Cultural de Vitória, que aconteciam no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), em São Pedro, abriram 979 vagas para o segundo semestre de 2020. As atividades incluem Artesanato, Balé, Danças Urbanas, Danças de Salão, Fotografia, Capoeira, Contação de Histórias, Teatro e Violão. As inscrições vão de 16 a 27 de julho pelo site Vix Cursos ou pelo WhatsApp (27) 99578-3761. As aulas têm início em 3 de agosto.

Pesquisa sobre coletivos culturais

Uma pesquisa de doutorado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) está estudando os coletivos culturais capixabas. De autoria do doutorando Marcelo de Souza Marques, a investigação para a tese "Interações socioestatais: uma análise da mútua constituição entre os coletivos culturais e o Estado no Espírito Santo" está realizando um questionário para levantar informações sobre esses grupos e entender sua dinâmica de ação e relações com o Estado. O documento aponta que as informações serão utilizadas somente para fins de pesquisa científica.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 04 Dezembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection