Sexta, 24 Junho 2022

​Instituição cultural de Cariacica pede apoio para continuar existindo

iac_divulgacao Divulgação
Divulgação

Com nove anos de atuação na região de Flexal II, em Cariacica, o Instituto Aprender Cultura (IAC) postou em suas redes um apelo pedindo apoio de doações para manter sua sede funcionando. É lá que ocorrem oficinas, palestras, cursos e desenvolvimento de projetos ligados à cultura, educação, esporte e qualificação profissional. Integrantes do projeto gravaram um vídeo falando sobre o IAC e seu trabalho. Só de aluguel e energia são cerca de R$ 1,3 mil mensais, que o instituto está tendo dificuldade de pagar nos últimos meses, por isso, o pedido de solidariedade. As doações em qualquer valor podem ser feitas para o Pix 41.273.288/0001-55 (CNPJ) ou pelo Picpay @iacflex. A entidade disponibiliza relatórios de transparência com os recursos em seu site.

DIVERSIDADE

Festival reúne artistas trans em Vitória

Em sua primeira edição, o Festival Transversos acontece neste sábado (30), a partir das 17h, no espaço Thelema, Centro de Vitória, tendo como atrações diversos artistas homens e mulheres trans, travestis e pessoas não binárias, como Letícia Chaves, Uriel, Maria Helena, Amande Coelho, Myrella Queen, Reyan, entre outres. A iniciativa é do coletivo Transversos, que é "multiartístico, interestadual e transcentrado", criado para construir este evento, mas que promete a partir daí trazer outras propostas.

MÚSICA

Manfredo apresenta cinco músicas em novo EP

O cantor capixaba Manfredo apresentou nessa sexta-feira (29) seu EP chamado Nova Versões de Canções Nunca Ouvidas Antes, cujo título se resume com a hastag #NVCNOA. Caracterizado como um " indie folk melancólico", o álbum, produzido por Henrique Paoli, traz cinco canções inéditas. Uma delas, a música Coragem, ganhou um lyric clip no YouTube, que você pode assistir abaixo. O álbum completo está disponível em plataformas digitais de música, que você pode encontrar aqui.

Chico Alves apresenta seu samba em Vitória 

Quem se apresenta na sexta-feira, 6 de maio, na Casa da Música Sônia Cabral, é o cantor e compositor capixaba Chico Alves, radicado no Rio de Janeiro e autor de músicas gravadas por artistas como Leila Pinheiro, Quarteto em Cy, Casuarina, Toninho Geraes, Moacyr Luz e parceiras com Fagner, Paulinho Pedra Azul e Xande De Pilares. Além de trazer um apanhado de sua obra, ele apresentará canções de seu último álbum, Paranauê. A apresentação contará com participações de convidados especiais como Lajota e Cláudia Zanetti. Ingressos estão à venda pelo site Sympla.

Divulgação

Diário de infarto de um rockeiro

Alessandro Chakal, vocalista da banda The Windows, cover de The Doors, sofreu um infarto em fevereiro passado enquanto se apresentava no palco de um pub de Vitória. Sobreviveu, passa bem, e resolveu lidar com o evento da melhor forma possível, narrando de forma divertida todas as peripécias envolvidas nesse processo pessoal, que acontece sem estar alheio a uma guerra na Ucrânia e todos escândalos do governo Bolsonaro. Inicialmente publicado como uma série de textos, ele resolveu transformá-los em capítulos de uma série de podcasts. O primeiro já está no ar aqui. Vale o registro: o The Windows completa neste ano 28 anos, superando assim o tempo de vida de Jim Morrison, vocalista e líder do Doors. Grande feito.

CINEMA

Filme capixaba será exibido em festival em Miami 

Produção dirigida por Rodrigo de Oliveira, o filme ficcional Os Primeiros Soldados, que aborda o início da epidemia de Aids em Vitória no início da década de 1980, segue em circulação por diversos festivais. Neste fim de semana, a obra circula por diferentes latitudes. Primeiro, foi apresentada ao público do Outshine LGBTQ Film Festival, em Miami, em sua primeira exibição nos Estados Unidos. No domingo, será a vez de ir ao Norte do Brasil, com sessão no Transamazônico - Festival Internacional de Cinema LGBTQIA+, em Rio Branco, capital do Acre. "Muito feliz que plateias tão distantes entre si, e distantes de mim aqui, estarão reunidas pelo filme", manifestou o diretor em suas redes sociais.

Divulgação

Cinema nos quilombos

Projeto do Instituto Marlin Azul com apoio da Coordenação Nacional de Articulações das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq) e patrocínio do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura), o projeto Cine Quilombola teve início com exibição de filmes na comunidade quilombola de Pedra Branca, em Vargem Alta. Depois de rodas de conversa, os moradores participam de oficinas em que foram estimulados a captar e editar imagens e sons de seu entorno, com orientação de profissionais de cinema, buscando registrar e narrar histórias locais. O projeto ainda passará pelas comunidades de Cacimbinhas e de Boa Esperança, em Presidente Kennedy, no início de maio, e posteriormente por outras duas comunidades quilombolas do sul do Estado. Numa segunda etapa, depois de finalizados os vídeos, estes serão exibidos nas próprias localidades, junto a produções de cinema feitas em outros quilombos do Brasil.

LITERATURA

Lilian Menenguci lança novo livro infantojuvenil 

Divulgação

O Mistério da Bolinha de Gude é o nome do quarto livro infantojuvenil da escritora Lilian Menenguci, que conta com ilustrações de Arthur Mask, com lançamento no sábado (30), de 14h às 17h, no Parque da Pedra da Cebola, em Vitória, em evento com contação de histórias e outras atrações. A brincadeira infantil presente no título da obra é o fio condutor da narrativa da publicação, que marca a estreia do selo Marolinha, da editora capixaba Maré, dedicado a publicações com foco no público infantojuvenil. Com nove anos de carreira com textos para o público infantojuventil, Lilian já vendeu quase dez mil livros de suas publicações anteriores, adotados por várias escolas municipais e da rede privada de ensino no Espírito Santo.

Associação de moradores instala 'Geloteca' em Atlântica Ville

Divulgação

Uma geladeira antiga reaproveitada e transformada numa biblioteca móvel, disponibilizando livros gratuitamente. Talvez você já tenha visto alguma iniciativa do tipo por aí. A mais nova delas, com instalação na área de lazer de Atlântica Ville, em Vitória, terá como foco livros infanto-juvenis, para promover o acesso aos livros para crianças e jovens do local. A proposta da "Geloteca", criada pela Associação de Amigos e Moradores do Residencial Atlântica Ville (Amarav), propõe a circulação dos livros, que sejam lidos e retornados, e também a doação de obras que não estejam sendo utilizada, com exceção de livros didáticos. 

Além dos livros, o local também disponibilizará materiais informativos sobre violência doméstica, prevenção ao uso de drogas, abuso sexual de crianças e adolescentes, violência contra idosos, entre outros.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 24 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/