Dólar Comercial: R$ 5,56 • Euro: R$ 6,58
Quarta, 21 Outubro 2020

Lenda do Mestre Álvaro e Mochuara recontada em novo livro

Lenda do Mestre Álvaro e Mochuara recontada em novo livro

Dois indígenas se apaixonaram enquanto suas tribos estavam em plena guerra. Esse amor foi castigado quando o casal foi transformado em duas grandes pedras, que se olham, mas não se tocam. Uma vez por ano, em noite de São João, um pássaro de fogo ilumina o céu levanto mensagens de um para o outro.


Essa é uma lenda que conta a história do surgimento do Mestre Álvaro (Serra) e do monte Mochuara (Cariacica), duas das maiores montanhas da região metropolitana capixaba. Há quem diga que já viu passar o pássaro de fogo e a lenda persiste na memória de poucos, ameaça ser esquecida.


Para lembrar a bela história, a servidora pública cariaciquense Sandra Temistocla escreveu o livro Pássaro de Fogo (Editora Cousa), que será lançado na próxima segunda-feira (5), no Centro Cultural Frei Civitella, em Campo Grande, Cariacica. Na noite, haverá música com Leo Junior, incluindo uma canção de amor da própria autora do livro. Além do livro, estarão à venda também camisas com estampa da capa da obra, desenhada por Alessandro Ferreira.




Um segundo lançamento acontece na quinta-feira (8), às 14h, na Biblioteca Madeira de Freitas, também em Cariacica. Na ocasião, os presentes ainda poderão conhecer o jogo cultural Conhecendo Cariacica, também de autoria de Sandra Temistocla, para contar a história do município de forma divertida e lúdica.


A ideia de escrever Pássaro de Fogo surgiu após a leitura do livro Cariacica, resumo histórico, publicado em 1950 pelo escritor Omyr Leal Bezerra, no qual a lenda aparece. Na pesquisa para a escrita, além de outras bibliografias, também buscou ouvir moradores antigos e conhecedores da cultura e história do município. Como "quem conta um conto aumenta um ponto", Sandra tomou a liberdade de criar e modificar alguns aspectos da lenda.


A narrativa gira em torno da bela princesa indígena Jaci, da tribo dos botocudos, que conhece o jovem guerreiro Piatã ("guerreiro forte", nome que substitui o personagem original chamado Guaraci, que significa "sol") quando se banhava numa cachoeira. A escritora insere novos personagens como Irani, a irmã invejosa de Jaci, e Janaína, mãe de Piatã, possessiva e rancorosa.


Com a obra, a autora pretende valorizar a cultura e história de seu município. "Cariacica é um município pouco valorizado. Os próprios cariaciquenses não conhecem muito de sua história nem das inúmeras belezas naturais e culturais. Há muita coisa na mídia, mas poucas notícias falam das coisas boas de Cariacica", explica.


Sandra entende que para além do resgate e valorização dessa memória histórica e cultural, a lenda traz uma mensagem que serve bastante para o momento que enfrentamos no Brasil. Para ela, o livro, voltado para o público jovem e adulto, fala sobre personagens que se ama e lutam pela paz em suas tribos.



"Vivemos um momento de muita violência, em que uns acham que falam a verdade e outros também. Nisso surgem ódios. Quem é maior está no poder. Não sabemos o que vai vir no novo governo, algumas coisas mostram interesse de censura nas salas de aula. Vejo com muita preocupação para nossa democracia. O conto mostra que a violência não leva a nada, o importante é o respeito ao próximo".





AGENDA CULTURAL


Lançamento do livro Pássaro de Fogo, de Sandra Temistocla


Quando: Segunda-feira (5/11), 19h


Onde: Centro Cultural Frei Civitella - Av. Expedito Garcia, 220, Campo Grande - Cariacica/ES


Valor: R$ 20 ou R$ 30 (livro + camisa com imagem da capa)

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 21 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection