Segunda, 15 Agosto 2022

Mais de 30 filmes capixabas serão exibidos pela TV e internet

abdcapixaba_filmemaisumdia Divulgação

Um panorama do audiovisual capixaba é o que costuma ser apresentado anualmente pela Mostra Produção Independente, realizada pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas do Espírito Santo (ABD Capixaba). Neste ano, entre 8 e 13 de dezembro, os espectadores poderão ter acesso gratuitamente a mais de 30 obras realizadas no Estado nos últimos anos por meio do site da entidade e por transmissão em canal aberto pela TVE.

"A mostra é super importante para nosso audiovisual. Por ser focada apenas em filmes capixaba, ela consegue ter uma diversidade de obras muito grande, de norte a sul do Estado, com filmes do interior, diversos tipos de gêneros e linguagens. É de grande importância, por promover e ser um ambiente de difusão dessa diversidade do audiovisual capixaba", diz Diego de Jesus, presidente da ABD.

Cena de 'Mais um dia", filme de Fabricia Silva. Foto: Divulgação

A abertura será na quarta-feira (8), às 19h, pelo YouTube, quando haverá debate sobre o tema do ano, lançamento da edição de número 11 da Revista Milímetros, que traz reportagens e artigos sobre o cinema nacional e capixaba.

Durante todo período do evento, os filmes estarão disponíveis no site www.abdcapixaba.com.br. Na televisão, as sessões da Mostra Competitiva irão ao ar nos dias 9 e 12 de dezembro, às 19h. Após as exibições, o espectador pode migrar para o YouTube da ABD Capixaba para assistir aos debates ao vivo com os cineastas sobre suas obras.

Por conta das questões sanitárias, pelo segundo ano consecutivo o evento vai ser online. E a pandemia não afetou apenas a forma de assistir aos filmes da mostra, mas também a maneira de produzi-los. "Uma particularidade do evento este ano é que a pandemia paralisou muito as obras de ficção, por conta da dificuldade de filmas nos sets, tendo havido dois picos fortes de Covid-19", conta Diego.

Porém, a Lei Aldir Blanc, que proporcionou recursos federais emergenciais para estados e municípios investirem na cultura, ajudou a potencializar a produção mesmo durante o período em que são necessários cuidados sanitários especiais. Nisso, se destacaram a produção de documentários, que permitem uma estrutura mais enxuta de produção, com destaque para webséries, formato que tem crescido e terá uma presença maior na Mostra Produção Independente de 2021.

Websérie Corpo-Rio é uma das produções desse formato, que ganhou destaque durante a pandemia. Foto: Divulgação
O tema do evento neste ano é "Levante!" e serve como um chamado aos produtores audiovisuais e ao público para se unirem em defesa do cinema nacional, que vem sofrendo com o desmonte de políticas importantes, como as paralisações no funcionamento da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e do financiamento de filmes.

O presidente da ABD aponta que o país vive um momento difícil politicamente de maneira geral e, embora a nível estadual a situação seja um pouco melhor, ainda há muitos desafios colocados, principalmente quando se pensa nos municípios. "É um convocação para pensarmos e para ver através dos filmes selecionados como a gente responde a tudo isso por meio da arte", afirma Diego de Jesus.

Os filmes que competem serão avaliados por um júri técnico formado por especialistas e profissionais do cinema e também pelo júri popular, por meio de votações online, que elegerão os vencedores da mostra.

Homenagem e outras atividades

Dentro da programação da Mostra Produção Independente, haverá ainda uma homenagem a Orlando Bomfim Netto, um dos mais importantes documentaristas do Espírito Santo, fundador e primeiro presidente da ABD Capixaba, que faleceu em julho deste ano.

Outra atração serão os três minicursos realizados de forma online e gratuita. Os temas são: Introdução ao roteiro, com Rodrigo Oliveira, destinado apenas para realizadores do interior, Ficção como arma de guerra, com Anti Ribeiro, e Crítica de cinema, com Kênia Freitas. As vagas são limitadas e as inscrições vão até sexta-feira (3), nos formulários online.

Panapaná, uma das animações que fazem parte da programação. Foto: Divulgação

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:


8/12 - Quarta-feira

19h - Sessão de Abertura da 16a Mostra Produção Independente Levante!

Debate "Levante!"

Lançamento da Revista Milímetros 11

Assista em youtube.com/ABDCapixaba

9/12 - Quinta-feira

19h às 21h - Sessão 1 na TVE

Minhas Mães - Gustavo Guilherme

A voz que a saudade tem - Esther Almeida Borges

Verdade Peregrina - Daiana Rocha

Two girls with a movie camera (Slumber party) - Victoria Brasil e Thamyris Escardoa

Sol - Fredone Fone

A cambonagem e o incêndio inevitável - Castiel Vitorino Brasileiro / Co-direção: Roger Ghil

Balaio para kaia - Maresia

21h às 22h30 - Debate com realizadores

Assista em youtube.com/ABDCapixaba

10/12 - Sexta-feira

10h às 13h - Minicurso Introdução ao Roteiro, com Rodrigo de Oliveira

19h às 21h - Sessão 2 na TVE

Chorey - Tati Rabelo e Rodrigo Linhales

Mudo Sessões - Volta - Heitor Righetti

Força, Coragem e Fé - Dia D - José Augusto Muleta

Gatinho na Internet - Rodrigo Linhales, Tati Rabelo e Glauber Vianna

Mito é o Caralho 2 - Diego Capeletti e Luiz Eduardo Neves

Zé Moreira - Em Composição - Gabriel Moreira e Cláudio França

PERAMBULAR - Marcelo Oliveira

21h às 22h30 - Debate com realizadores no Youtube

Assista em youtube.com/ABDCapixaba

11/12 - Sábado

19h às 21h - Sessão 3 na TVE

CORPO-RIO 5 - DESAGUAR - Victorhugo Amorim e Weber Cooper

Atlântida - Diego Locatelli

Vizinhança - Lucas Carvalho

Ausência - Ricardo Sá

O Educandário Alzira Bley como lugar de memória - Judeu Marcum

Quando o amanhã chegar - Marcelo Mendes Gomes

as far as the eye can see ou tão longe quanto a vista alcança - Luma Lopes Alves

21h às 22h30 - Debate com realizadores

Assista em youtube.com/ABDCapixaba

12/12 - Domingo

17h às 19h - Sessão 4 na TVE

Panapaná - Gabriel Nemer Neves e Verônica

Paulo César Vinha - Cíntia Braga

Fenômenos Extraordinários - Companhia Junco

Circo em nós - Nós nas redes - Circo em Nós/Nathália Lemos

Sobre cabides e roupas - Renan Amaral

Penduradas - Dominique Lima

Mais um dia - Fabricia Silva

S[C]INÉDOQUE / Capítulo Dez: Despedidas, Recomeços - Gustavo Guilherme

Percorrer memórias: Por entre as ruínas da Fazenda Velha - Esther Almeida Borges

B.O. - Maresia

A COISA TÁ PRETA - Gabriel Filipe

19h às 20h30 - Debate com realizadores

Assista em youtube.com/ABDCapixaba

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 15 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/