Domingo, 05 Dezembro 2021

Artistas de oito estados participam do Festival Lacração em Vitória

Artistas de oito estados participam do Festival Lacração em Vitória

Serão quatro dias com mais de 20 atividades artísticas e culturais com protagonismo da comunidade LGBTI+. O Festival Lacração acontece entre os dias 28 e 31 de agosto com ações no Mucane, Cine Metrópolis e sede da Associação Gold, que promove os direitos desta população.


A proposta do festival surgiu a partir de um grupo de artistas que haviam realizado anteriormente duas mostras para apresentar artistas LGBTI+ com processos de criação focados na questão dos direitos humanos em Vitória. Agora decidiram apostar num evento de maior amplitude. O Lacração aponta para ações voltadas para educação em arte, fomento da produção artísticas, resgate da cultura LGBTI+ e mesas para debater temas importantes para a comunidade.


Entre as atividades da programação estão oficinas, debates, performances, apresentações musicais, sendo todas atividades gratuitas. Além de artista capixabas, a programação inclui participantes de Amapá (AP), Distrito Federal (DF), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Santa Catariana (SC), Pernambuco (PE) e Paraná (PR), que foram selecionados por meio de um edital.



"Quando pensamos em ter um número de selecionados capixabas e outro de pessoas de fora foi para promover esse intercâmbio entre o mesmo movimento mas com atores de espacialidades diferentes, para ver se estamos pensamos coisas diferentes, se estamos caminhando no mesmo sentido, e também para enriquecer os artistas que estão no Espírito Santo com outras perspectivas", diz Geovanni Lima, coordenador-geral do Festival Lacração.




Foto: Divulgação


Entre as oficinas oferecidas durante o evento estão penteado afro, dança, escrita, graffiti. As performances são parte fundamental do evento e aparecem em diversos momentos da programação, sendo algumas delas musicais. Um ponto alto do festival promete ser também a mostra de vídeos de performance que acontece sexta-feira no Cine Metrópolis, na Ufes, com obras de artistas de seis estados.


Como forma de fortalecer a cultura LGBTI+ também acontecem as batalhas de Dança e de Drag Queens, em que os participantes disputam quem realiza a melhor apresentação. Outro momento vai discutir novas configurações de família a partir de uma Cozinha Afetiva, em que se preparará coletivamente alimentos para distribuição e degustação.


Entre as mesas de conversa, temas como produção audiovisual, a arte como forma de combate e as políticas públicas para população LGBTI+, esta última considerada por Geovanni Lima como um marco histórico para o movimento LGBTI+, por juntar agentes do Estado e do poder público em várias esferas, coletivos organizados e organizações da sociedade civil.


O Festival Lacração acontece durante a Semana da Visibilidade Lésbica, sendo que os participantes estão convidados a participar da marcha que acontece quinta-feira, às 18h, em frente ao Palácio Anchieta.


AGENDA CULTURAL


Festival Lacração - Arte e Cultura LGBTI+


Quando: 28 a 31 de agosto


Onde: Museu Capixaba do Negro – MUCANE (Av. República, 121 - Centro, Vitória.), Associação GOLD (Av. Pres. Florentino Avidos, 502 - Sala 202 - Centro, Vitória), Cine Metrópolis (Universidade Federal do Espírito Santo, Ufes)


Site: www.festivallacracao.com


Programação completa:


Quarta-feira (28)


09h às 12h - Oficina de Penteado Afro - Artista: Quitéria (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro – MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


14h às 17h - POSE! - Oficina de Dança Voguing - Artista: CASYURE (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro – MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


14h às 17h - Escrita Poética Amor (in)verso - Artista: Franciely Sampaio (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro – MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


14h às 17h - Oficina de Graffiti - Artista: Fred Farias (ES).


Local: Associação GOLD: Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade / Av. Pres. Florentino Ávidos, 502 - Sala 202 - Centro, Vitória.


19h – Mesa de Debate: A construção dos gêneros e seu impacto na produção da LGBTfobia com Marina Bernabé (ES). Mediação: Paula Barbosa (ES)


Local: Museu Capixaba do Negro – MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


Quinta-feira (29) 


14h às 16h – Façx você mesmx: lambe-lambe como ferramenta de empoderamento, expressão e ocupação no espaço público - Artista: Débora Visini (SP).


Local: Museu Capixaba do Negro – MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória


16h - Concentração para Marcha Pela Visibilidade Lésbica - Organização: Coletivo Santa Sapataria (ES)


Previsão para o início às 18h. Local: Palácio Anchieta / Praça João Clímaco, 142 - Centro, Vitória.


19h às 22h – Performance – Dj Lê Bafão (SC).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


Sexta-feira (30)


12h – Performance - A destruição do (meu) falo com Waleff Dias (AP).


Local: Saída da Praça Costa Pereira (Centro, Vitória) para o Museu Capixaba do Negro – MUCANE (Av. República, 121 - Centro, Vitória)


14h às 16h - Mostra de Vídeoperformance. Artistas participantes: Leticia Haines (SC) / Natalie Mirêdia (ES) / Raphael Couto (RJ) / Nema Callejeira (PE) / Abniel João Nascimento (PE) / Waleff Dias (AP) / Thiago Amepreta (PB/SP)


Mesa: Produção Audiovisual LGBTI+ com Gilberto Alexandre Sobrinho (UNICAMP – SP) e Erly Vieira (UFES – ES)


Local: Cine Metrópolis - UFES / Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória.


16:30h – Performance – Caibo com Diego Nascimento (ES).


Local: Imediações do Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Centro, Vitória.


18h – Performance - l3n1r4 com Rastros de Diógenes (RJ) (Classificação 18 anos).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


19h – Performance - Manifesto Trav(Eco) Ciborgue com Maria Léo Arurana (DF).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


19:30h – Mesa de Debate: Políticas Públicas para a População LGBTI+ - Mediação: Izah Cândido (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


21h - Batalha Lip Sync – A Arte de Dublar


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


Sábado (31)


10h30 – Bate papo: Arte como Forma de Combate- Artistas participantes do Festival Lacração Arte e Cultura LGBTI - Mediação: Geovanni Lima (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


12h30 – Performance - Natureza Viva com Eduardo Amato (PR) e Gustavo Francesconi (PR).


Local: Museu Capixaba do Negro - Mucane / Av. República, 121 - Centro,Vitória.


13h30 - Cozinha Afetiva: Novas Configurações de Família com Lara Lestrange (ES) e Família. Cozinha Coletiva com produção de sucos e entradinhas e distribuição gratuita.


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


17h – Performance – Bicha com Ewerton Correia (SP) (classificação 18 anos).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


17:40h – Performance – GORDA com Geovanni Lima (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


19h - Batalha All Styles - DJ: Lara Lestrange (ES)


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE/ Av. República, 121 - Centro, Vitória.


20h – Performance – Motumbaxé (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.


21h - Performances Musicais - Jeza Pedra (RJ), Úrsula (ES) e Geovanni Lima (ES).


Local: Museu Capixaba do Negro - MUCANE / Av. República, 121 - Centro, Vitória.

Veja mais notícias sobre Direitos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 05 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/