Quinta, 20 Janeiro 2022

GOLD promove jantar beneficente para suas ações em direitos humanos

GOLD promove jantar beneficente para suas ações em direitos humanos

Um jantar beneficente é uma boa oportunidade para demonstrar, concretamente, o apoio à defesa dos direitos humanos. Essa é a proposta da Associação Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade (GOLD), ao promover um jantar beneficente no início de agosto. A verba será fundamental para custear as despesas de manutenção da sede da entidade, localizada no centro de Vitória.



Com 14 anos completados neste domingo (14), a GOLD é uma das organizações mais atuantes na proteção dos direitos humanos no Espírito Santo. Iniciando suas atividades no enfrentamento à epidemia de AIDS em Colatina, a Gold expandiu sua atuação territorial e temática, tendo hoje sua sede na capital capixaba e projetos que beneficiam outros segmentos da sociedade, como adolescentes e jovens em privação de liberdade.



A ascensão da presidenta da Gold, Deborah Sabará, à presidência do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH) – sendo a primeira travesti a assumir o cargo – mostra a relevância do trabalho da entidade e seu comprometimento com uma pauta ampliada da defesa dos direitos humanos.







O Cineclube Papo Reto foi o primeiro projeto junto a esse público, levando para dentro da Unidade de Internação Provisória (UNIP) II, em Cariacica, filmes com temática de Direitos Humanos. O projeto foi contemplado pelo edital de cineclubismo da Secretaria Estadual de Cultura (Secult).



A experiência foi tão exitosa que Deborah fez uma enquete entre os internos perguntando quais atividades eles gostariam que fossem desenvolvidas no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases). Como a maioria demonstrou interesse por grafite, nasceu outro projeto da Gold em parceria com o Iases e a Secult, o Grafitando a UNIS.



Ainda no sistema socioeducativo, uma parceria com o Fundo PositHIVo vai levar oficinas de prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e AIDS para os adolescentes e jovens em privação de liberdade, visto que tem crescido consideravelmente o número de casos dessas doenças junto a essa população.



“A Gold nasceu com o propósito de fazer o enfrentamento a AIDS, essa luta é muito importante para nós. Ainda existe muita desinformação e preconceito. Temos muito trabalho a fazer ainda”, declara Deborah.







Outro projeto em curso com essa temática é o Jovem, É Massa Ficar Sabendo. Realizado em parceria com o Ministério da Saúde e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), consiste na realização de teste rápido de HIV por meio de fluido oral.



Uma equipe composta por quatro pessoas percorre bairros de Vitória e Cariacica realizando os testes, distribuindo preservativos e compartilhando informações sobre prevenção.



“Parece um trabalho fácil, mas não é”, adverte a presidenta da Gold, explicando que a associação é responsável, além dos testes e distribuição de insumos, pelo encaminhamento dos casos positivos para a adesão ao tratamento.



“É um trabalho muito importante, pois esse projeto atinge pessoas em situação de vulnerabilidade, que não frequentam os serviços de saúde do município, que não sabem nem onde devem ir caso o resultado do exame seja positivo ou como faz para pegar os remédios. Praticamente pegamos na mão da pessoa e a conduzimos”, descreve.



Outros dois projetos com essa temática já foram aprovados para este ano de 2019: Viva Melhor Sabendo Jovem Vitória, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef); e a Semana da Juventude LGBTI+ e Prevenção de IST/HIV, junto ao Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, do Governo federal.



DNA



A ampliação do espectro de atuação da Gold não a distanciou, no entanto, de seu público-alvo original. “Apesar de expandirmos a atuação para outras áreas como adolescentes e juventude, a Gold nunca vai deixar de lado a população LGBTI+. Está no DNA da instituição. Sem falar que esse grupo é um dos que tem menos políticas sociais construídas”, afirma.



E, além dos cuidados com a saúde, a atuação envolve projetos culturais e de profissionalização, como o Ponto de Memória Aquenda as Indacas, o primeiro ponto de memória LGBTI+ do estado, com apoio da Secult, e o Mãos que Trabalham, este, aprovado no Edital do Fundo Municipal de Promoção e Defesa do Consumidor (FMPDC) do PROCON Vitória.



O projeto vai custear um curso de cabeleireiro completo para vinte pessoas LGBTI+ moradoras de Vitória. De acordo com Deborah Sabará, a inspiração para construção do projeto foi um dado relatado na Pesquisa sobre Homens Transexuais, Mulheres Transexuais e Travestis da Região Metropolitana da Grande Vitória, realizada pelo Instituto Jones dos Santos Neves.



“Na pesquisa várias pessoas responderam que gostariam de fazer o curso de cabeleireiro. Estamos muito felizes com esse projeto. Várias pessoas em situação de vulnerabilidade vão poder ter uma qualificação profissional. Um detalhe importante é que além de pagar o curso, o projeto vai custear a passagem das pessoas e no final do curso elas ganharão um kit para começar a trabalhar”.



Há ainda, em processo de implementação, o Centro de Atenção Psicossocial para Pessoas Trans, que vai contar com uma psicóloga e uma assistente social atendendo as demandas da população trans, travesti e não binários da Grande Vitória.



Apesar dos inúmeros projetos que estão em andamento a GOLD está com dívidas de aluguel e condomínios, uma vez que os recursos provenientes dos projetos não permitem gastos dessa natureza. Por isso a importância do Jantar Beneficente.



O evento acontece no dia 10 de agosto, a partir das 19h, no Retaurante Manha Tutti, localizado embaixo da sede da Gold, e foi gentilmente cedido pelo proprietário.



“A Gold conta com a colaboração de todes para que possa continuar realizando projetos em Defesa dos Direitos Humanos, principalmente para os grupos mais marginalizados da sociedade”, convida Deborah Sabará.



Serviço:

Jantar Beneficente Gold


Quando: 10 de agosto (sábado), às 19h

Local: Restaurante Manha Tutti

Endereço: Av. Florentino Avidos, 492 - Centro – Vitória (embaixo do prédio da GOLD)


 

Veja mais notícias sobre Direitos.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 20 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/