Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Terça, 26 Janeiro 2021

MPF vai apurar se escolas incluíram história da cultura afro-brasileira na grade curricular

O Ministério Público Federal do Estado (MPF-ES) quer saber quais escolas públicas federais estão cumprindo a Lei 10.639/03, que prevê a inclusão da matéria “História e Cultura Afro-Brasileira” na grade curricular. O órgão abriu um inquérito administrativo para apurar se a lei vem sendo cumprida no Estado. 

 
Aprovada há dez anos, a lei prevê o ensino da história da África, dos africanos, da luta dos negros no Brasil, da cultura negra brasileira e da história do negro na formação da sociedade nacional nas escolas.
 
Porém, o objetivo de resgatar a contribuição do negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil não vêm sendo alcançado, sobretudo, quando o assunto é a inserção desses assuntos nas áreas de educação artística e literatura. 
 
Para o presidente da Comissão de Igualdade Racial da seccional capixaba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES), José Roberto Andrade, a iniciativa do MPF é positiva e aguardada pelos movimentos que atuam em defesa da igualdade racial. Ele afirmou que a entidade irá acompanhar a ação do órgão. 
 
Embora o preconceito racial esteja na estrutura da sociedade brasileira, especialistas acreditam que o cumprimento da lei possa reforçar  a importância do negro na história do País, combatendo o modelo tradicional de educar que teria reforçado as desigualdades educacionais entre brancos e negros no País, deixando os negros em grande desvantagem no ensino fundamental, médio e superior ao longo das décadas. 
 
Entre os pontos apontados como entrave para o cumprimento da lei estão a falta de qualificação dos professores e até de material didático para as aulas. 

Veja mais notícias sobre Educação.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 26 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection