Quinta, 11 Agosto 2022

Ocupantes da Fundação Ceciliano Abel de Almeida pedem religação do sinal da Rádio Universitária

Os ocupantes do prédio da antiga Fundação Ceciliano Abel de Almeida (FCAA), na Universidade Federal do Estado (Ufes), ocupado desde o dia 8 novembro, se reuniram com os produtores dos programas veiculados na Universitária FM e decidiram desocupar o espaço em que funciona a rádio para que a programação seja retomada. No entanto, é necessário que a Ufes religue o sinal para que as atividades sejam retomadas.



Os ocupantes em conjunto com os produtores fizeram um abaixo-assinado a ser entregue na Reitoria solicitando uma audiência para organizar o retorno das atividades.



Depois da ocupação do prédio da FCAA, o sinal da rádio – que funciona nas dependências da antiga fundação, fechada em 2014 – foi cortado pela universidade, mesmo com o espaço da rádio já liberado pelos ocupantes para que a programação funcionasse normalmente.



A grande pauta de movimentação do Quilombo Zacimba – nome dado à ocupação – é a luta pela moradia estudantil, uma realidade distante dos estudantes da Ufes. Os ocupantes alegam que a reitoria da universidade se comprometeu em 2012 a construir moradias até 2015, medida que não foi cumprida. Diante disso, e com alguns prédios abandonados pelo campus de Goiabeiras, uma das formas de chamar atenção para a medida foi a ocupação de um "local-chave", o antigo prédio da FCAA.

Veja mais notícias sobre Educação.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 11 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/