Dólar Comercial: R$ 5,27 • Euro: R$ 6,40
Segunda, 21 Junho 2021

Estado iniciará em abril imunização de profissionais da Educação e da Segurança

casagrande_pronunciamento_maro21_reproducao Reprodução

A vacinação dos profissionais da Educação e Segurança Pública no Espírito Santo terá início no próximo dia 15 de abril. O anúncio foi feito governador Renato Casagrande (PSB) nesta quinta-feira (25), em pronunciamento nas redes sociais. 

A medida será possível com a reserva técnica de 5% das vacinas que chegarem ao Estado a partir desta data, sendo destinadas para esses trabalhadores em ordem decrescente de idade, que estiverem em atividade e na linha de frente.

A vacinação tem sido reivindicação dos profissionais da Educação desde início da pandemia, há um ano, em decorrência da decisão do governo de retorno das aulas presenciais. A categoria já realizou diversas mobilizações, como carreatas. "O que o governador anunciou é o caminho, mas não é suficiente. As doses são poucas e a vacinação será muito lenta. Com as variantes inglesas, fortalecemos mais ainda a reivindicação que o retorno das aulas presenciais seja somente após a segunda dose", aponta o professor e integrante do Coletivo Resistência & Luta Educação, Swami Bergamo.

Na área de Segurança Pública, a demanda ganhou mais força nos últimos meses, com ofícios enviados por entidades representativas e por secretários estaduais ao Ministério da Saúde, e um pedido recente feito também pelo ministro da Justiça, André Mendonça. 

A justificativa é o contato diuturno com a população e, em alguns casos, segundo o
Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp),  atuação na realização de procedimentos pré-hospitalares de urgência, somados ao transporte de enfermos entre estados e municípios, devido à alta ocupação dos leitos em algumas localidades.

O Ministério da Saúde começou a enviar, neste mês, doses semanais de vacina para o Estado, entretanto, as quantidades ainda são reduzidas. Ao todo, o Espírito Santo recebeu, desde janeiro, quando começou a imunização, 535,7 mil doses de vacina, sendo que 373,6 mil foram distribuídas em primeira dose e 160,5 mil em segunda.

Até o momento, os grupos prioritários atendidos foram trabalhadores da saúde; indígenas; idosos de instituições de longa permanência (ILPI); pessoas com deficiência que habitam residências inclusivas; idosos acima de 90 anos, entre 85 e 89, 80 e 84, 75 a 79, 70 a 74; e, mais recentemente, os quilombolas.

Desses grupos, idosos em ILPI, indígenas, pessoas com deficiência, e idosos acima de 90 anos foram 100% imunizados em ambas as doses. Trabalhadores da saúde; idosos entre 75 e 79 anos; 80 e 84; 85 e 89; foram imunizados 100% somente na primeira dose. Entre os quilombolas, 63% receberam a primeira.

Veja mais notícias sobre Educação.

Veja também:

 

Comentários: 1

Renato José Araújo dos Santos em Terça, 20 Abril 2021 19:34

Hoje já é dia 20 do 4 e aí vai começar afinal quando ?

Hoje já é dia 20 do 4 e aí vai começar afinal quando ?
Visitante
Segunda, 21 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/