Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Sexta, 26 Fevereiro 2021

Agricultores familiares realizam campanha Natal Sem Veneno

agrotoxico_mata_camisa_divulgacao_mpa Divulgação/ MPA

Em sua quinta edição nacional, a campanha Natal Sem Veneno, promovida pelo Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), acontecerá pela primeira vez no Espírito Santo este ano. O intuito é comercializar e distribuir alimentos saudáveis nesta época em que as mesas costumam estar fartas entre as famílias. Para isso, o movimento e suas cooperativas associadas estão vendendo cestas natalinas com produtos agroecológicos em três formatos, que variam no número de itens e no peso total dos alimentos.

Os pedidos podem ser feitos tanto por pessoas físicas como por entidades que queiram presentear parceiros e funcionários. O prazo máximo para os pedidos é esta quinta-feira (17), com entregas no dia 23, na quarta-feira seguinte. As informações estão disponível no Instagram da Rede Bem Viver, que também inclui receitas que podem ser preparadas com os ingredientes de cada cesta.

Na mesma data das entregas das cestas de Natal, o movimento e suas cooperativas também entregarão 500 cestas verdes com produtos agroecológicos solicitados pelo Governo do Estado por meio do programa AlimentarES, que totalizará junto com outras iniciativas 1.500 cestas distribuídas para comunidades que necessitam doações para garantir a segurança alimentar.

Leomar Lírio, integrante da coordenação do MPA, destaca que no Estado o movimento vem realizando entregas regulares de alimentos da agricultura familiar em delivery por conta da pandemia do coronavírus e resolveu aderir à campanha nacional. "O objetivo, além de divulgar o trabalho das famílias camponesas e fortalecer a agroecologia, contribuindo para geração de renda no campo, é proporcionar alimento de qualidade nas ceias, já que é tempo de celebração da vida, então é preciso ter isso representado também na mesa", afirma o dirigente.

Nacionalmente, o MPA pretende superar a marca de meia tonelada de alimentos agroecológicos comercializados no período natalino. Para o MPA do Espírito Santo, a participação no Natal Sem Veneno também abre caminho para realização de atividades similares em outras datas festivas, como se pretende fazer a Páscoa Sem Fome, em 2021.

A ação natalina do movimento pretende fortalecer ainda a Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida e reforçar a campanha nacional do MPA #MutirãoContraAFome, no qual os camponeses vêm realizando doações regulares a comunidades em situação de vulnerabilidade especialmente nos tempos de pandemia, inclusive no Espírito Santo. Doações para ajudar nesta campanha de combate à fome podem ser feitas por meio do site Vakinha e também por meio de transferência bancária, Pix e PicPay.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 26 Fevereiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection