Quinta, 20 Janeiro 2022

Diretoria da CSU aprova abertura de filial em Anchieta

A Companhia Siderúrgica de Ubu (CSU), da Vale, vai abrir uma filial da sua sede administrativa na Chapada do A, em Anchieta, no sul do Estado. A medida foi aprovada por unanimidade pela diretoria, em abril deste ano, mas só foi divulgada pela empresa nesta quinta-feira (16). A área em questão é alvo da disputa entre a empresa e descendentes de indígenas que vivem no município. 

 

Com a medida, a empresa mantém sua sede social em Vitória e abre uma filial na Avenida Jabaquara n° 5155, na Chapada do A. Na prática, avaliam os moradores, é mais uma forma de pressionar os moradores da região. O presidente da Associação de Moradores do local, Josias Pereira, disse que a comunidade estava acompanhado intervenções da empresa em um galpão, mas não sabia que seria a sede da empresa. Ele espera ser informado sobre a intenção da CSU.

 
 
Jadir Pereira informa que as 73 famílias da Chapada do A protocolaram uma ação no Ministério Público Federal (MPF-ES), questionando a construção da CSU em área tradicionalmente indígena. Além disso, alega Josias, o empreendimento é previsto para uma região onde há indisponibilidade de recursos hídricos e registra elevados índices de poluição do ar. Problemas decorrentes da atuação da Samarco Mineração no município, que constrói sua quarta usina. Mesmo com os processos de licenciamento encaminhados, a comunidade contesta a construção da siderúrgica na região. 
 
A intenção da Vale de construir uma siderúrgica em Anchieta foi anunciada em 2009, pelo então presidente da Federação das Indústrias do Estado (Findes), Lucas Izoton. No início deste ano, a Companhia Siderúrgica de Ubu anunciou o adiamento de suas obras para 2015, baseado na atual conjuntura econômica mundial e na dificuldade de obter licenças ambientais.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 20 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/