Sexta, 21 Junho 2024

ONG denuncia esgoto bombeado para o Rio Jucu, em Vila Velha

ebap_juntos Juntos SOS ES
Juntos SOS ES Ambiental

A Organização Não Governamental (ONG) Juntos SOS ES Ambiental protocolou, nesse sábado (18), uma denúncia ao Ministério Público do Espírito Santo (MPES) sobre o lançamento de esgoto in natura e produtos químicos no Rio Jucu, em Vila Velha. O material seria lançado no manancial pelas Estações de Bombeamento de Águas Pluviais (Ebaps) do município.

Em 2022, a Juntos SOS já havia protocolado um processo no MPES pedindo providências a respeito das Ebaps de Marilândia, Cobilândia e Rio Marinho. O fato novo é que a Ebap Laranja, construída como um dos canais de interligação do sistema de macrodrenagem dos municípios de Vila Velha e Cariacica, passou a despejar a água poluída no contrafluxo do Rio Jucu.

As estações visam melhorar o escoamento das águas das chuvas e diminuir os alagamentos em Vila Velha. Ocorre que, segundo a ONG, o projeto tocado pela Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb-ES) não teve a preocupação de tratar os efluentes dos canais de Vila Velha, que são bombeados para a baía de Vitória.

A Juntos SOS afirma, no documento, que recebeu um vídeo e informações sobre a poluição no Rio Jucu em 10 de maio último, e formalizou, no mesmo dia, uma denúncia no Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema). Na última quinta-feira (16), a entidade fez uma visita para verificar a situação presencialmente, na região da Grande Cobilândia, e constatou que nenhuma providência foi tomada.

"Uma possibilidade geofísica da natureza que inexiste, que é o esgoto dos canais de Vila Velha ir para o Rio Jucu, está acontecendo agora. O que estão fazendo? Colocaram todo o esgoto das Ebaps de Marilândia, Cobilândia e Rio Marinho junto ao canal diagonal, a elevatória do Laranja, que está poluindo e assoreando o Rio Jucu", denuncia Eraylton Moreschi, presidente da Juntos SOS ES Ambiental.

'Critérios socioambientais'

A Sedurb informou, em nota, que a Estação de Bombeamento de Águas Pluviais Laranja (EBAP Laranja) foi projetada para receber as águas do Rio Marinho e também do Canal Guaranhuns. Importante destacar que essas águas já são lançadas na baía de Vitória e no Rio Jucu através das Ebaps Guaranhuns e Marinho. O rio Jucu já recebe águas do Rio Formate. Todo os projetos desenvolvidos pelo Governo do Estado para acabar com os alagamentos, foram desenvolvidos de acordo com os critérios socioambientais.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 21 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/