Quinta, 25 Abril 2024

ONG realiza mobilização para Fórum de Saberes do Itabapoana

redi_acao_divulgacao Redi
Divulgação/Redi

A Organização Não Governamental (ONG) Restauração e Ecodesenvolvimento da Bacia Hidrográfica do Itabapoana (Redi) realiza um trabalho de articulação com municípios da região do Caparaó, tanto do lado capixaba quanto de Minas Gerais. O objetivo é fazer uma mobilização para o I Fórum de Saberes da Bacia Hidrográfica do Itabapoana, que deverá ser realizado em julho deste ano, em Bom Jesus do Itabapoana, no extremo norte do Rio de Janeiro.

A intenção é que o fórum proporcione um espaço de diálogo com os atores presentes em todos os municípios da Bacia Hidrográfica do Itabapoana. O evento deverá ter como produto final uma carta de intenções, a ser assinada pelos candidatos das eleições municipais de outubro que se comprometerem com ações socioambientais na região da bacia.

Na primeira semana de fevereiro, a Redi realizou oito reuniões com representantes do poder público e da sociedade civil, nas cidades de Divino de São Lourenço e Dores do Rio Preto, no Caparaó capixaba; e Espera Feliz, Alto Caparó, Caparaó e Caiana, no lado mineiro.

Entre os participantes das reuniões, estiveram representantes do Consórcio do Caparaó, uma autarquia que representa 14 municípios do Caparaó capixaba, e da associação Jacutinga do Caparaó, que desenvolve ações socioambientais e culturais na região.

"Nosso objetivo foi apresentar a Redi institucionalmente, principalmente para os municípios mineiros da bacia, com quem temos menos contato, destacando a importância de manter a bacia integrada e de todo o peso político que isso tem. Os municípios todos receberam bem a proposta, e agora vamos fazer também o diálogo com os municípios da parte de baixo da bacia", explica Antônio Paulo França, coordenador da Redi.

Fundada em 2020 para combater a instalação de novas hidrelétricas no Rio Itabapoana, a Redi conta com 40 associados ativos e desenvolve diversos projetos – desde incidências políticas para denunciar conflitos socioambientais até ações de reflorestamento e educação ambiental.

A Bacia Hidrográfica do Rio Itabapoana possui uma área de drenagem de 4.875 quilômetros quadrados e inclui 18 municípios do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Em território capixaba, abrange totalmente as cidades de Divino de São Lourenço, Guaçuí, São José do Calçado, Bom Jesus do Norte, Apiacá e Mimoso do Sul, e parcialmente, Dores do Rio Preto, Muqui e Presidente Kennedy – todas na região sul do Estado. 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 25 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/