Quarta, 19 Janeiro 2022

Grupos culturais capixabas participam de festival nacional

beatos_sao_benedito_congo_capa_divulgacao

A sessão brasileira do Conselho Internacional de Organização de Festivais Folclóricos e Artes Tradicionais (Cioff) organiza entre os dias 29 de abril e 3 de maio o I Fest Folk em Rede, que acontece on-line com presença de 25 grupos culturais de 12 estados do Brasil. Dentre eles estarão dois projetos do Espírito Santo: a Associação Cultural Esportiva Recreativa Beatos do Espírito Santo (Acerbes), de Vila Velha, e a Cia de Dança Andora, de Vitória.

A cada dia de evento, sempre a partir das 22h, será postado no Instagram e Facebook do Cioff uma coletânea de apresentações de cinco agrupações de cultura popular do Brasil, mostrando um pouco da cultura de seus estados em vídeos pré-gravados, com objetivo de apresentar a diversidade e riqueza ao público e também de promover o intercâmbio entre os grupos de distintas localidades, ainda que de forma digital. "Em tempos de pandemia, para a cultura não ficar sem ser mostrada e totalmente estagnada, se pensou numa ação para apresentação dos trabalhos on-line", diz Mônica Dantas, diretora do grupo de Vila Velha.

A Acerbes existe desde 1999 com a missão de utilizar a cultura popular como instrumento de inclusão social, envolvendo em suas ações indivíduos com necessidades especiais, idosos e adolescentes em risco social. Entre uma das principais atividades está a banda de congo, que levará para o festival o clipe da canção autoral Eu vou pra Vila Velha, incluindo letra e imagens que fazem referência ao município de origem do grupo, apresentando cartões postais como Convento da Penha, fábrica da Garoto, Farol de Santa Luzia e Igreja do Rosário.

Já o Andora, foi criado em 2008 como projeto de ensino, pesquisa e extensão na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), e entre as suas atividades realiza apresentações de danças e expressões da cultura popular capixabas e de outros estados do Brasil, sobretudo em atividades em escolas públicas.

Para o Fest Folk em Rede, vai fazer uma representação estilizada do Ticumbi ou Baile de Congo, manifestação que é realizada no município de Conceição da Barra, no litoral norte do Estado. A apresentação da companhia de dança foi gravada no dia 7 de agosto de 2019, durante o espetáculo Andora Sem Fronteiras, realizado no Teatro Universitário da Universidade Federal do Estado (Ufes).

Apresentação da Cia de Dança Andora, criada na Ufes. Foto: Márcio Martins

Os grupos possuem histórico de participar de eventos ligados ao folclore e cultura popular, tendo representado o Espírito Santo em outros estados e no exterior.

A programação do I Fest Folk em Rede deverá ser divulgada até sábado (25) nos canais oficiais da Cioff. Após a edição nacional, também está sendo organizada uma versão do Fest Mundi em Rede, entre os dias 13 e 17 de maio, reunindo grupos folclóricos de todo mundo filiados ao Cioff.

AGENDA CULTURAL

I Fest Folk em Rede

Quando: de 29 de abril a 3 maio, de 22h às 23h

Onde: páginas do Cioff Brasil no Facebook e Instagram

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 19 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/