Domingo, 14 Julho 2024

Ex-vereador Babá é o pré-candidato do PT nas eleições de Vila Velha

pt Divulgação
Divulgação

As divergências foram superadas e a pré-candidatura do dentista e ex-vereador João Batista Gagno, o Babá, à Prefeitura de Vila Velha, foi finalmente aprovada na plenária do partido, na noite dessa terça-feira (30). A notícia se espalhou nas redes sociais pouco depois de encerrada a reunião, que contou com a participação da presidente estadual, deputada federal Jack Rocha. A parlamentar resistia a uma candidatura própria no município. 

O lançamento da pré-candidatura será no próximo dia 11, em evento que reunirá a Federação Brasil da Esperança, que integra o PT, PV e PCdoB. No encontro dessa terça-feira, o economista Edson Wilson (Edinho), que também disputava a indicação para prefeito, concordou em concorrer a uma vaga na Câmara Municipal.

"Em uma decisão de consenso e de união partidária, o PT Vila Velha terá como pré-candidato a prefeito João Batista (Babá)", diz a nota divulgada após a plenária. Acrescenta que "nesta importante construção de fortalecimento do PT e da Federação Brasil da Esperança, o companheiro Edson Wilson (Edinho) se coloca como pré-candidato a vereador, reforçando a chapa proporcional", acrescenta o partido.

A articulação do campo "Pra voltar a sonhar" realizou várias ações, sendo a última no dia 24 de abril, data em que a plenária rebateu declarações de Jack Rocha de que as candidaturas do partido seriam definidas a partir de acordos de cúpula. A declaração gerou reações na base.

Na ocasião, Babá afirmou que "Vila Velha não precisa ser sufocada pela lógica de uma geopolítica que só privilegia alguns. Queremos uma cidade onde a participação política seja plural, decidida pelos eleitores, e não por acordos de bastidores".

A resistência a uma candidatura própria em Vila Velha, segundo os círculos políticos, tinha relação com as ligações de parte do partido a estratégias do Palácio Anchieta para as eleições deste ano, que poderiam favorecer a reeleição de Arnaldinho Borgo (Podemos), nome apoiado pelo governador Renato Casagrande (PSB).

Em manifesto assinado em 24 de abril por lideranças históricas, inclusive o ex-deputado estadual Claudio Vereza, o campo "Pra voltar a sonhar" afirmou: "Nesse movimento, uma geração de esquerda e de democratas de Vila Velha está se levantando (...) para resgatar a força histórica da sociedade civil canela-verde (que vem desde a resistência da ditadura militar) e das conquistas históricas das forças democráticas, como por exemplo, a participação popular no planejamento da cidade e a discussão do orçamento participativo".

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 15 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/