Dólar Comercial: R$ 5,31 • Euro: R$ 6,00
Domingo, 12 Julho 2020

Campanha para Edson Magalhães expõe aproximação entre Hartung e Ferraço

A movimentação do ex-governador Paulo Hartung (PMDB) em favor do prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (PPS), mostra que está forte a ligação entre o peemedebista e o presidente da Assembleia Theodorico Ferraço (DEM). Tanto que o ex-governador ignorou o posicionamento do PMDB no município para pedir votos para o aliado de Ferraço.



Nos meios políticos não é segredo que Edson Magalhães tem como padrinho Theodorico Ferraço, além de uma forte ligação com o também cachoeirense, deputado federal Camilo Cola (PMDB).



A presença de Hartung ao lado do senador Ricardo Ferraço (PMDB), filho de Theodorico, no palanque de Magalhães reforçou a ideia de que há uma forte aproximação do ex-governador com o grupo do presidente da Assembleia visando a um fortalecimento para 2014.



Hartung estaria disputando território político com o governador Renato Casagrande, reestruturando um grupo político que lhe dê sustentação para enfrentar o socialista na eleição estadual. Um palanque que poderia ser capitaneado pelo próprio Hartung ou, caso não haja condições ideais, pelo senador Ricardo Ferraço.



Também faria parte desta movimentação para 2014 a recondução do deputado à Presidência da Assembleia para garantir o apoio do legislativo a esse projeto. Além disso, Ferraço tem um poder de influência em municípios do sul do Estado, que facilitaria o fortalecimento de Hartung para 2014.



Para os meios políticos, Hartung está se posicionando em vários municípios ao lado de candidaturas fortes, enquanto evita entrar em “bola dividida”, como acontece na Grande Vitória, em que as disputas estão acirradas e indefinidas devido ao alto índice de indecisos. Com o posicionamento, Hartung que depende de um forte arco de alianças testa o cenário político e busca vitória contra o governador Renato Casagrande.

A movimentação do ex-governador Paulo Hartung (PMDB) em favor do prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (PPS), mostra que está forte a ligação entre o peemedebista e o presidente da Assembleia Theodorico Ferraço (DEM). Tanto que o ex-governador ignorou o posicionamento do PMDB no município para pedir votos para o aliado de Ferraço.



Nos meios políticos não é segredo que Edson Magalhães tem como padrinho Theodorico Ferraço, além de uma forte ligação com o também cachoeirense, deputado federal Camilo Cola (PMDB).



A presença de Hartung ao lado do senador Ricardo Ferraço (PMDB), filho de Theodorico, no palanque de Magalhães reforçou a ideia de que há uma forte aproximação do ex-governador com o grupo do presidente da Assembleia visando a um fortalecimento para 2014.



Hartung estaria disputando território político com o governador Renato Casagrande, reestruturando um grupo político que lhe dê sustentação para enfrentar o socialista na eleição estadual. Um palanque que poderia ser capitaneado pelo próprio Hartung ou, caso não haja condições ideais, pelo senador Ricardo Ferraço.



Também faria parte desta movimentação para 2014 a recondução do deputado à Presidência da Assembleia para garantir o apoio do legislativo a esse projeto. Além disso, Ferraço tem um poder de influência em municípios do sul do Estado, que facilitaria o fortalecimento de Hartung para 2014.



Para os meios políticos, Hartung está se posicionando em vários municípios ao lado de candidaturas fortes, enquanto evita entrar em “bola dividida”, como acontece na Grande Vitória, em que as disputas estão acirradas e indefinidas devido ao alto índice de indecisos. Com o posicionamento, Hartung que depende de um forte arco de alianças testa o cenário político e busca vitória contra o governador Renato Casagrande.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 12 Julho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection