Quinta, 07 Julho 2022

Candidatos a prefeito de Cariacica trocam farpas em debate

O debate eleitoral promovido pela TV Tribuna , nesta quinta-feira (6), foi marcado pela troca de acusações entre os candidatos a prefeito de Cariacica. O clima esquentou quando os nomes colocados na disputa começaram a fazer perguntas entre si, expondo o clima eleitoral nas ruas do município.



A candidata do PT, Lúcia Dornellas, nome apoiado pelo prefeito reeleito Helder Salomão, não escapou das provocações acerca do julgamento do mensalão, que acontece no Supremo Tribunal Federal (STF), e dos cortes nos repasses do governo federal ao Espírito Santo. A candidata se saiu bem, destacando as realizações da administração municipal e a parceria com o governador Renato Casagrande e com a presidente Dilma Rousseff, de seu partido, nas compensações para as perdas.



Já o deputado Marcelo Santos (PMDB) foi cobrado por não realizações da administração do pai, o ex-prefeito Aloízio Santos, e sobre a ausência do ex-governador Paulo Hartung, de seu partido, no palanque do candidato. O parlamentar respondeu às provocações lembrando da função parlamentar e das verbas que levou para o município. Quanto ao apoio, preferiu fortalecer o trânsito com o governo do Estado atual.



O vice-prefeito Geraldo Luzia, o Juninho (PPS), foi um dos mais críticos à atual gestão e cobrou de Dornellas a solução dos problemas do município, mas foi rechaçado pela petista, que rebateu as acusações tentando demonstrar que Juninho não conhecia a realidade política e financeira da prefeitura. Durante o debate, tanto Juninho quanto Lúcia pediram direitos de resposta, mas a organização negou o recurso dos candidatos.



O deputado Sandro Locutor (PV), apesar de tentar transparecer o não envolvimento nas acusações mútuas, também trocou farpas com os adversários. Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia, o candidato tentou focalizar seu discurso na melhoria deste setor no município. Mas também foi cobrado pelos demais candidatos sobre sua proposta.



Completou o quadro de debatedores o ex-presidente da Câmara Municipal, vereador Adilson Avelina (PSD), que focou seu discurso no fortalecimento da família e propôs ações para garantir a segurança. Ele também foi crítico à gestão Helder Salomão, mas foi cobrado pela candidata da situação sobre sua participação no governo, já que presidiu o Legislativo municipal.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 07 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/