Segunda, 15 Julho 2024

Chapas eleitorais para prefeitura de Atílio Vivácqua se aproximam de definição

marcos_marco_redes Redes Sociais/Divulgação
Pastor Marcos Porto e Dr. Marco Sobreira. Foto: Redes Sociais/Divulgação

As chapas dos dois principais pré-candidatos a prefeito de Atílio Vivácqua, no sul do Estado, já estão quase completas. O médico Marco Sobreira (PDT) estará no pleito como vice do pré-candidato Helinho Lima (PSB), e a tendência é que o pastor Marcos Porto (PRD) seja o escolhido para ser vice de Genaldo (Republicanos.)

Marcos Porto coordena em Atílio Vivácqua o projeto social Neemias, que facilita o acesso a atendimentos de saúde para crianças e mulheres. Ele também se colocou como pré-candidato a prefeito, com o apoio do deputado Marcelo Santos (de saída do Podemos), presidente da Assembleia Legislativa, que domina o Partido Renovação Democrática (PRD) no Espírito Santo.

Segundo informações do mercado eleitoral, o pastor também teve diálogos com o grupo de Helinho Lima, mas não houve acordo. Nos últimos dias, surgiram especulações de um possível convite para ser vice de Genaldo. Nesta terça-feira (25), Genaldo e Marcos Porto anunciaram a aliança nas redes sociais, mas não houve confirmação sobre composição de chapa.

"Após uma reunião no dia de hoje (25), na Assembleia Legislativa, dirigida pelo presidente/deputado Marcelo Santos, firmamos uma aliança do PRD 25 com o Republicanos 10, tendo em vista uma visão de parceira e crescimento para nosso município. Então compartilhem! Pois Genaldo e Marcos Porto estão juntos por um Atílio Vivácqua melhor. Um novo tempo, uma nova história", publicaram os companheiros de chapa nas redes sociais.

Em contato com Século Diário, o Pastor Marcos Porto afirmou que as articulações ainda estão em andamento. "Nós vamos alinhar isso no fim de semana, como vai ficar essa composição. Vamos fazer uma nota oficial sobre o processo, para trazer um pouco mais de luz. Ainda é tudo muito prematuro. Então, a gente está optando por uma aliança entre os dois partidos pela força, e daí para frente vamos avaliar. Pode ser que um nome esteja mais forte, ou outro", comenta.

Já Marco Sobreira foi anunciado como pré-candidato a vice-prefeito durante o lançamento oficial da pré-candidatura de Helinho Lima, realizado na última sexta-feira (21). Ele é médico no município há 48 anos e foi vereador por três mandatos.

Sobreira também foi vice-prefeito de 2001 a 2004 durante um dos mandatos de Zé Luiz Torres Lopes, tio de Genaldo, e assumiu o posto máximo do Poder Executivo por três meses, após Zé Luiz se licenciar. Tentou se eleger para prefeito em 2004, mas perdeu para Hélio Humberto Lima, pai de Helinho.

O Progressistas (PP) planejava indicar a professora Tálita Gomes como vice de Helinho Lima, mas ela preferiu se manter como pré-candidata a vereadora. Entre os partidos que estão na articulação de Lima se incluem, além do PP, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) – no qual o próprio pré-candidato está filiado –, Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido dos Trabalhadores (PT), Podemos e Partido da Mulher Brasileira (PMB).

Concorrentes

As eleições deste ano em Atílio Vivácqua deverão ficar polarizadas entre dois grupos que dominam a política local há décadas. De um lado, Genaldo, sobrinho de Zé Luiz Torres Lopes, o homem com maior número de mandatos de prefeito na história do município, com seis ao todo. Do outro, Helinho Lima, filho do ex-prefeito Hélio Lima, o segundo com o maior número de mandatos no Poder Executivo, totalizando três.

Helinho Lima representa a administração do atual prefeito, Josemar Bastos (PDT). Genaldo, por sua vez, concorreu na disputa majoritária em 2020, e perdeu por menos de 1% dos votos para Bastos, que então tentava a reeleição.

Além dos dois, o Partido Socialismo e Liberdade (Psol) lançou no mês passado a pré-candidatura da professora e ex-secretária municipal de Educação Lana Roppe, com as presenças da deputada estadual Camila Valadão e da ex-deputada Brice Bragato. De acordo com a sigla, Lana será a "primeira candidata mulher em décadas" a encarar a disputa majoritária no município. 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 15 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/