Sexta, 28 Janeiro 2022

Comissão ouvirá testemunhas de vereadores afastados em Kennedy

A comissão processante da Câmara de Vereadores de Presidente Kennedy (litoral sul do Estado) que apura o envolvimento de quatro vereadores afastados com o esquema de fraudes no município vai começar a ouvir as testemunhas arroladas pelas defesas. Nesta quarta-feira (8), o presidente da comissão, vereador Marco Antônio Vieira de Novaes, o Marcos Vivacqua (PSB), definiu a data dos julgamentos.



As oitivas acontecem entre a próxima segunda-feira (13) e o dia 28 deste mês. Foram convocadas 23 pessoas entre servidores públicos, ex-secretários municipais e até mesmo o deputado federal Carlos Mannato (PDT), indicado pela defesa do vereador Clarindo de Oliveira Fernandes, filiado também ao PDT.



Além do vereador pedetista, outros três são acusados de participação no esquema revelado durante a “Operação Lee Oswald”: Dorlei Fontão da Cruz (PR), ex-presidente da Câmara; Manoel José de Abreu Alves, o Brejeiro (PTB), ex-vice-presidente; e Vera Lúcia de Almeida Terra (PTB).



Os quatro vereadores estão afastados do cargo por ordem judicial desde a deflagração da operação policial, no dia 19 de abril último. No mês passado, o plenário da Câmara ratificou o afastamento por mais 180 dias.



O presidente da comissão processante também aprovou a utilização do inquérito realizado pela Polícia Federal como prova emprestada na apuração da Casa. Nos autos, constam laudos e gravações de interceptações telefônicas feitas com autorização da Justiça.



Paralelamente às medidas tomadas pela Câmara, os vereadores afastados foram denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPES) na ação penal referente às fraudes no município. Caso sejam cassados pelos colegas de Câmaras, os envolvidos se tornam inelegíveis para o pleito deste ano. Os quatro edis são candidatos à reeleição.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/