Sexta, 27 Mai 2022

Contarato quer incluir mentira de Bolsonaro sobre Aids no relatório da CPI da Covid

fabianocontarato_5_pedrofranca_agenciasenado Pedro França/Ag.Senado
O senador Fabiano Contarato (Rede) solicitou ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, que inclua no seu relatório final, que será votado nesta terça-feira (26), "a mentira de Bolsonaro associando a vacina à Aids. É crime de epidemia com resultado de morte. Sem qualquer respaldo científico, Bolsonaro quer desinformar a população e propagar a Covid", criticou. A informação do presidente foi desmentida e apontada como fake news. O Facebook retirou a peça do ar. 

Apesar da previsão da votação nesta terça, um dia antes de a CPI completar seis meses de atividades, o relator se disse disposto a continuar recebendo contribuições, o que poderá viabilizar a solicitação de Contarato, encaminhada via correio eletrônico nesta segunda.

"Informo, para conhecimento, por meio de divulgação na mídia, de que o senhor presidente da República associou, em transmissão ao vivo semanal pelas redes sociais, as vacinas contra Covid-19 ao desenvolvimento da síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids)", escreveu o senador.

Em outro trecho do documento, Contarato aponta que a afirmação do presidente não tem respaldo científico e "possui o único intuito de confundir e desinformar a população, justamente no sentido de propagar a doença como extensamente demonstrado na primeira versão do relatório distribuída aos integrantes desta Casa na última semana".

O presidente Bolsonaro declarou, em live transmitida na última quinta-feira (21), o seguinte: "Relatórios oficiais do Governo do Reino Unido sugerem que os totalmente vacinados (...) estão desenvolvendo a síndrome de imunodeficiência adquirida muito mais rápido do que o previsto". Ele também "relacionou falsamente o uso de máscaras com a morte de vítimas da gripe espanhola, também na tentativa de desincentivar as medidas não farmacológicas de prevenção da Covid-19".

O Departamento de Saúde e Assistência Social do Reino Unido desmentiu os boatos propagados por Bolsonaro, tendo várias agências de checagem constatado a inserção de imagens para distorcer os dados originais sobre a eficácia das vacinas. Acrescenta o comunicado que a publicação é de um site que propaga fake news e teorias da conspiração.

Fabiano Contarato destaca que "redes sociais, como Facebook e Instagram, retiraram o registro da transmissão de suas plataformas, por descumprimento dos termos de uso em decorrência da propagação de informações falsas. Contudo, a retirada das informações não elide o presidente da República de sua responsabilidade criminal diante dos fatos ora narrados". E aponta: "Declarações dessa natureza influenciam e põem em dúvida milhares de cidadãos que confiam no presidente da República, colocando em risco a ordem pública e a saúde de todos os brasileiros e brasileiras".

O senador conclui o pedido a Renan Calheiros: "A conduta é potencialmente enquadrável no crime de epidemia com resultado morte, previsto no art. 267, §1º, do Código Penal, conforme já apontado com relação a outras condutas no mencionado relatório. Certamente, a Comissão Parlamentar de Inquérito seguirá cumprindo seu papel fiscalizador com fundamento na Constituição Federal, destacando sempre que o presidente da República não está acima da lei".

Indiciados

O relatório da CPI da Covid prevê 68 pedidos de indiciamentos. Entre eles o presidente Jair Bolsonaro, os três filhos que exercem funções públicas (Flávio, Carlos e Eduardo), o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e o atual, Marcelo Queiroga. Os ministros da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário; o do Trabalho, Onyx Lorenzoni; e da Defesa, Walter Braga Netto, também serão acusados. O ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo também está na lista.

As propostas de indiciamento contidas no relatório, depois de aprovadas, serão encaminhadas ao Ministério Público, à Câmara dos Deputados e até ao Tribunal Penal Internacional, em Haia, para a abertura de processos de responsabilização civil, criminal e política dos acusados. O documento pode recomendar mudanças legislativas e, nesse caso, passam a tramitar como projetos de lei no Congresso Nacional.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 11

maciel salazar boghi em Terça, 26 Outubro 2021 10:28

Vá caçar um trabalho futuro ex senador.

Vá caçar um trabalho futuro ex senador.
Seu Madruga em Terça, 26 Outubro 2021 12:13

Esse sujeito é uma vergonha para o ES. Todos que encontro que votaram nele estão arrependidos. Atraso do país, cadê a luta dele pelo fim do foro privilegiado? Pela prisão em segunda instância? Não, isso não. VERGONHA.

Esse sujeito é uma vergonha para o ES. Todos que encontro que votaram nele estão arrependidos. Atraso do país, cadê a luta dele pelo fim do foro privilegiado? Pela prisão em segunda instância? Não, isso não. VERGONHA.
Walter em Terça, 26 Outubro 2021 13:07

Este NÃO me representa

Este NÃO me representa
Antônio em Terça, 26 Outubro 2021 14:38

Enganou o Estado todo. Não trouxe nenhum benefício ao Estado até hoje, só fazendo esse joguinho...

Enganou o Estado todo. Não trouxe nenhum benefício ao Estado até hoje, só fazendo esse joguinho...
gustafá em Terça, 26 Outubro 2021 15:16

Esse tem meu voto, está entre os 3 melhores senadores entre 81, sem falar que e delegado de policia e ficha limpa, e está do lado oposto dessa velha politica que tem os caras de pau do malta, Bolsonaro, Manato que já estão lá a mais de 20 anos e nada fizeram. Parabéns Dr Fabiano.

Esse tem meu voto, está entre os 3 melhores senadores entre 81, sem falar que e delegado de policia e ficha limpa, e está do lado oposto dessa velha politica que tem os caras de pau do malta, Bolsonaro, Manato que já estão lá a mais de 20 anos e nada fizeram. Parabéns Dr Fabiano.
pinel em Quarta, 27 Outubro 2021 17:09

Aproveitador, porque não incluiu a revista Isto é????????? Oh arrependimento.

Aproveitador, porque não incluiu a revista Isto é????????? Oh arrependimento.
Agmarcarioca amigo do mito em Quarta, 27 Outubro 2021 22:49

Isto e um atraso para o Es,nenhum governador investigado ,todos receberam o faz me ri,nao tem peito para acusar o pais que causou a covid,so quem trabalhou na pandemia foi o cavalao (apelido do mito)melhor politico capixaba Sergio Meneguelli ,pior Cantarato

Isto e um atraso para o Es,nenhum governador investigado ,todos receberam o faz me ri,nao tem peito para acusar o pais que causou a covid,so quem trabalhou na pandemia foi o cavalao (apelido do mito)melhor politico capixaba Sergio Meneguelli ,pior Cantarato
rafiuzq em Sexta, 29 Outubro 2021 14:53

Sujeito desqualificado e enganador,me esforçarei pra jogar uma pá de cal em sua vida pública.

Sujeito desqualificado e enganador,me esforçarei pra jogar uma pá de cal em sua vida pública.
Tiago em Sexta, 29 Outubro 2021 15:17

O PIOR VOTO DA HISTÓRIA DO ES!! Esse sujeito, NUNCA MAIS!!!!

O PIOR VOTO DA HISTÓRIA DO ES!! Esse sujeito, NUNCA MAIS!!!!
José Marcos chequer em Sábado, 20 Novembro 2021 09:25

Marcos Chequer
Voto em Contarato quantas vezes for candidato .Combativo,honesto,decente,tudo que espero de um lider

Marcos Chequer Voto em Contarato quantas vezes for candidato .Combativo,honesto,decente,tudo que espero de um lider
Marcos Paulo em Quinta, 23 Dezembro 2021 14:12

Estelionato Eleitoral este cara.

Estelionato Eleitoral este cara.
Visitante
Sexta, 27 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/