Quinta, 11 Agosto 2022

Dr. Hércules recebe abrigo no Patriota e garante disputa à reeleição

drhercules_ales Ales
Ales

Menos de 24 horas depois de fazer um discurso na Assembleia Legislativa em que manteve o mistério de sua nova filiação, Dr. Hércules tornou público nessa quarta-feira (5), também em plenário, que se filiou ao Patriota, comandado no Estado pelo colega Rafael Favatto. A articulação garante ao deputado a disputa à reeleição este ano, após turbulências nos bastidores e muitas portas fechadas.

Dr. Hércules fez o comunicado rapidamente, no início da sessão, em meio à leitura de requerimento sobre o mesmo assunto, protocolado pelo deputado Renzo Vasconcelos, que trocou o PP pelo PSC, e solicitou a alteração na Casa. "Dentre em breve, vou fazer o mesmo para o meu novo partido, o Patriota", disse o deputado, seguido de um agradecimento a Favatto.

Na sessão dessa terça (5), durante pronunciamento em que disparou críticas e mostrou pautas de seus mandatos, o deputado avisou: "Vocês vão ter surpresa", sem informar, porém, sua filiação. A previsão para isso, estabelecida pelo próprio Dr. Hércules, seria no prazo final do envio da lista de filiados pelos partidos ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES), no próximo dia 12.

As críticas do deputado vieram na esteira de polêmica registrada no PSB, do governador Renato Casagrande, com sua filiação online, direto pela Nacional, que gerou insatisfação na atual bancada da legenda na Assembleia Legislativa, em especial dos candidatos à reeleição, Bruno Lamas, Dary Pagung e Janete de Sá.

"Tem muita gente esperando que eu fale algo, mas não vou responder nem aqui, nem na imprensa, porque não fui criado assim", ressaltou durante a sessão dessa terça, referindo-se a "agressões e falta de educação e respeito". Dr. Hércules também disparou frases sobre "desmerecimento às pessoas", "homens que não honram suas calças", e reiterou: "Querem diminuir, colocar o pé na porta, estão tentando não me deixar ser candidato à reeleição".

Em seu quarto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa. Dr. Hércules obteve 30,7 mil votos nas últimas eleições, em 2018. Com base eleitoral em Vila Velha, seu alto potencial de votos foi exatamente o entrave para não encontrar espaço em outros partidos. No Patriota, ele não ameaça a candidatura de Favatto, que este ano tentará a Câmara dos Deputados.

As esquivas de Dr. Hércules sobre seus planos e negociações vinham desde a última sexta-feira (1), prazo final da janela partidária, quando deixou oficialmente o MDB. O deputado foi mais uma liderança antiga a sair do partido, agravando o esvaziamento que já vem de anos e que impediu a formação de chapas competitivas nas eleições de outubro deste ano.

Também se desfiliaram a ex-deputada estadual Luzia Toledo, que vai disputar uma cadeira na Assembleia pelo Republicanos, e o ex-prefeito de Linhares Guerino Zanon, que impedido de erguer um palanque ao governo do Estado, se filiou ao PSD.

As dificuldades foram impostas pela própria presidente da executiva estadual, senadora Rose de Freitas, que abriu mão de um projeto majoritário para fechar aliança com o governador Renato Casagrande (PSB) e se cacifar no jogo com sua candidatura à reeleição. A vaga de Rose é a única aberta este ano no Senado no Estado, em uma eleição concorrida, inclusive no campo de Casagrande, com outros aliados em negociação para compor na chapa.

O único que ainda ficou no MDB, depois de ter a saída considerada certa, foi o ex-deputado federal e ex-presidente da executiva, Lelo Coimbra. Ele desistiu de se candidatar à Câmara novamente e vai atuar no projeto de Guerino, ambos ligados ao ex-governador Paulo Hartung (sem partido), o que pode acirrar ainda mais a disputa interna na legenda, que já foi parar na Justiça e sofreu intervenção da Nacional.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 2

Sergio em Quarta, 06 Abril 2022 12:50

Dia 31 de Dezembro de 2022 se encerra a carreira politica da Senadora Rose de Freitas, não terá apoio do governador Renato Casagrande e seu grupo politico para concorrer uma vaga ao senado, aqui se faz aqui se paga, se tivesse apoiado o projeto do Guerino ser candidato ao governo do Estado e principalmente se não tivesse sido ausente no estado, teria uma chance para tentar a reeleição, hoje Rose só tem para entregar ao Casagrande as 3 letras, MDB de um partido em crise, nunca mais Rose terá meu voto, vamos torcer que a partir de Janeiro de 2023 o MDB sob nova direção poderá se reerguer das cinzas e livre de políticos oportunistas ( Hartung, Rose e Marcelino Fraga)

Dia 31 de Dezembro de 2022 se encerra a carreira politica da Senadora Rose de Freitas, não terá apoio do governador Renato Casagrande e seu grupo politico para concorrer uma vaga ao senado, aqui se faz aqui se paga, se tivesse apoiado o projeto do Guerino ser candidato ao governo do Estado e principalmente se não tivesse sido ausente no estado, teria uma chance para tentar a reeleição, hoje Rose só tem para entregar ao Casagrande as 3 letras, MDB de um partido em crise, nunca mais Rose terá meu voto, vamos torcer que a partir de Janeiro de 2023 o MDB sob nova direção poderá se reerguer das cinzas e livre de políticos oportunistas ( Hartung, Rose e Marcelino Fraga)
Sample junior em Quarta, 06 Abril 2022 22:25

Fim de carreira da Senadora, chega de Brasília onde há está a 40 anos...chega tia Rose

Fim de carreira da Senadora, chega de Brasília onde há está a 40 anos...chega tia Rose
Visitante
Quinta, 11 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/