Terça, 09 Agosto 2022

Federações partidárias mudam cenário político e fortalecem partidos progressistas

amaro_neto_2_camara_dos_deputado_20211231-191304_1 Câmara dos Deputados

O cenário político vai mudar para melhor. Pelo menos é o que projeta o mercado político com base na ampla possibilidade de 2022 vir a ser o último ano de Jair Bolsonaro na presidência da República, conforme pesquisas junto aos eleitores, que o rejeitam a cada dia, e, também, pela correlação de forças que se forma. No Espírito Santo, como em outros estados, forma-se uma situação que, consolidada, pode resultar em alterações no perfil da bancada capixaba no Congresso nacional, enfraquecendo o apoio ao atual governo.

A abertura de diálogos dos partidos do campo progressista, pela via das federações partidárias, é fator essencial para consolidar a derrocada do atual presidente e dar início a um novo ciclo democrático, abalado pelos retrocessos impostos à população pelo atual presidente. Esse contexto produz alterações nas conversas entre lideranças estaduais, em decorrência de particularidades que exigem sintonia com as decisões nacionais.

Dos dez deputados federais pelo Espírito Santo, seis são aliados de Bolsonaro, mas enfrentam dificuldades para acomodar os projetos políticos no ano que se inicia. Amaro Neto (Republicanos), Soraya Manato (PSL), Neucimar Fraga (PSD), Lauriete (PSC), Evair de Melo (PP) e Da Vitória (Cidadania), todos do campo conservador, buscam a reeleição, que, para alguns, há três anos parecia mais fácil. Hoje, não.

Amaro Neto, que pode ser levado a disputar o Senado, tem pela frente uma barreira, caso se consolide a debandada do seu partido do palanque de Bolsonaro para apoiar o juiz suspeito Sergio Moro, juntando-se ao Podemos, que é coordenado no Estado por Gilson Daniel, pré-candidato à Câmara e secretário de Planejamento da gestão Renato Casagrande (PSB) a partir de janeiro. Na mesma situação estão os outros integrantes da bancada que seguem a gestão bolsonarista.

Situação inversa aos partidos de esquerda. Animados com a liberação do ex-presidente Lula (PT) para disputar as eleições, o PCdoB, o Partido Verde e o PSB avançam em conversações para formar uma federação partidária, em nível nacional, cujos resultados, igualmente, erguem barreiras, a principal provocada pela pré-candidatura ao governo do senador Fabiano Contarato pelo PT. A aliança nacional não entra em sintonia com as articulações locais, por conta a reeleição ao governador Renato Casagrande.

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB), perto de completar 100 anos de fundação, e a Unidade Popular (UP), ainda em formação no Espírito Santo, são duas legendas que tiveram a sobrevivência garantida com a instituição das federações partidárias. São dois partidos que podem ser beneficiados pela criação desse novo instituto do cenário político.

A federação foi concebida, em princípio, para salvar os partidos pequenos ameaçados pela barreira eleitoral, que afeta siglas com baixa representatividade no Congresso. Os grandes, como PT e PSB, também aderiram e ganham força. Analistas projetam pelo menos três federações, uma do Centrão, outra da esquerda e mais uma da chamada terceira via.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 3

Breno em Sábado, 01 Janeiro 2022 09:45

2022 ultimo ano de Jair Bolsonaro? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vai sonhando petista vai sonhando

2022 ultimo ano de Jair Bolsonaro? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vai sonhando petista vai sonhando
Jorge Ribeiro em Sábado, 01 Janeiro 2022 19:40

Bolsonaro já foi para o balão de oxigênio! Seus últimos suspiros como presidente da República terminam dia 2 de outubro, podendo ir para uma agonizante parada cardíaca no dia 15 de novembro.

Bolsonaro já foi para o balão de oxigênio! Seus últimos suspiros como presidente da República terminam dia 2 de outubro, podendo ir para uma agonizante parada cardíaca no dia 15 de novembro.
Danny Damasceno em Segunda, 03 Janeiro 2022 14:05

Enquanto isso!!!!A onda vermelha vai ganhando força e chegando a mais de 10 metros de altura, e em cima dela vem LULINHA-O velinho barbudo.....tranquilo survando e pegando uns tubos de grandes porporção....TU VENS, TU VENS....JÁ VEJO OS SEUS SINAIS.....A ESTRELA VOLTA A BRILHAR NOVAMENTE...LULA13 2022.

Enquanto isso!!!!A onda vermelha vai ganhando força e chegando a mais de 10 metros de altura, e em cima dela vem LULINHA-O velinho barbudo.....tranquilo survando e pegando uns tubos de grandes porporção....TU VENS, TU VENS....JÁ VEJO OS SEUS SINAIS.....A ESTRELA VOLTA A BRILHAR NOVAMENTE...LULA13 2022.
Visitante
Terça, 09 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/