Dólar Comercial: R$ 5,31 • Euro: R$ 6,29
Terça, 01 Dezembro 2020

Casagrande pede para coligação de Bruno Lamas apoiar Sérgio Vidigal na Serra

bruno_lamas_encontro_divulgacao Divulgação

A coligação "Mudança com Segurança", formada por PSB, PV, DEM e Avante, que lançou o deputado estadual Bruno Lamas (PSB) à Prefeitura da Serra, decidiu apoiar o deputado federal Sergio Vidigal (PDT) no segundo turno da eleição serrana. Segundo o grupo, a decisão atende a pedido do governador Renato Casagrande (PSB). 

A decisão foi tomada neste sábado (21), após encontro que reuniu os dirigentes das legendas. Pessoalmente, Bruno Lamas afirmou que se manterá neutro na disputa entre Vidigal e o candidato da Rede, vereador Fábio Duarte, que é apoiado pelo atual prefeito, Audifax Barcelos, aliado político do deputado e de sua mãe, a vice Márcia Lamas (PSB).

Uma comissão com 10 membros, formada por representantes do PSB, PV, DEM e Avante, vai se reunir com Vidigal e definir os termos do apoio e como ele se dará na reta final da campanha do pedetista. Coube ao vereador reeleito Wellington Alemão (DEM) organizar a reunião.

Ao longo do encontro, Bruno foi procurado pelos candidatos, mas manteve a neutralidade após a militância dos partidos se manifestar majoritariamente contra uma aproximação com o redista.

"Diante do pedido do governador do Estado, como líder deste grupo, quero pedir que vocês votem no candidato do 12, Sérgio Vidigal. Assim, estou atendendo a um pedido da Executiva regional do PSB. Eu, porém, me mantenho neutro. Se o diálogo da comissão com o candidato for respeitoso, posso rever a posição", admitiu Bruno.

Durante o primeiro turno, o deputado do PSB, que ficou em quinto lugar, com 10.899 votos, defendeu a renovação, com o fim da alternância entre Vidigal e Audifax no poder. Segundo ele, essa posição era mais coerente.

A chapa encabeçada por ele elegeu Adriano Galinhão (PSB), com 3.307 votos; Professor Rurdiney (PSB), com 2.129; e Wellington Alemão (DEM), com 1.838. Esse legado da disputa à Câmara e prefeitura pode ser transferido para Vidigal. Entretanto, para Bruno, "se engana quem acha que a eleição está ganha".

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 01 Dezembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection